Marketing Digital 05/09/2017

WhatsApp começa a testar app para negócios

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Após a aquisição do WhatsApp pelo Facebook em 2014, que culminou no cancelamento da tarifa anual de um dólar para usar o app, uma pergunta está no ar até hoje: como o Facebook irá monetizar o aplicativo de mensagens mais popular do mundo? Enquanto o Facebook Messenger recebeu os chatbots e a possibilidade de criar anúncios, o WhatsApp nunca teve muitas novidades em relação a essa área, mas isso pode mudar em um futuro próximo.

Semana passada, o WhatsApp passou a testar contas verificadas para negócios e hoje anunciou em seu blog que está testando a criação de um aplicativo gratuito, exclusivo para empresas. A diferença entre uma conta normal e a verificada é a mudança na cor dos balões de conversa – que passam a se tornar amarelos – e a impossibilidade de apagar mensagens, tanto do cliente quanto da empresa.

whatsapp-app-negocios-inicio

Como será o WhatsApp para negócios

A publicação fala sobre como a base de 1 bilhão de usuários ao redor do mundo já inclui empresas que utilizam o mensageiro para atender seus clientes e reconhecendo suas diferentes necessidades para fazer esse atendimento com sucesso. A princípio, já foi revelado que o aplicativo será gratuito e contará com algumas soluções para pequenos e médios negócios e outras para grandes companhias, como linhas aéreas e grandes operadores de ecommerce.

O post no blog sugere que estas companhias poderão utilizar o aplicativo de diferentes maneiras, como possibilitando o envio de um ticket para passagem aérea, atualização do estado de entrega de um produto no ecommerce, entre outros. Porém, alguns sites especializados começaram a imaginar como funcionarão ambos os modelos.

O TechCrunch publicou o anúncio, mencionando no título que as grandes empresas serão cobradas para usá-lo. A informação foi confirmada pelo chefe de operações (COO) do WhatsApp Matt Idema, em uma entrevista ao Wall Street Journal.

Detalhes sobre como essa monetização ocorrerá não foram revelados pelo executivo. A matéria estima que as empresas serão cobradas através de um modelo de assinatura, como é feito na maioria dos serviços de chat online atualmente.

whatsapp-app-negocios-segundaimagem

Já o The Next Web não descarta a possibilidade do WhatsApp também contar com anúncios, da mesma maneira que é feita hoje no Messenger. Essa informação ainda não foi confirmada, mas um porta-voz do WhatsApp revelou uma semelhança entre os mensageiros: da mesma maneira que acontece hoje, contas empresarias no WhatsApp não poderão entrar em contato com usuários do aplicativo que não tiverem entrado em contato primeiro.

Quem já está participando dos testes?

A primeira empresa a confirmar participação nos testes foi a KLM Royal Dutch Airlines, que divulgou uma nota à imprensa revelando que utilizará o novo aplicativo para fazer confirmação de reserva, notificação de check-in, cartão de embarque e atualizações sobre o status de seus voos.

A companhia também informou que o serviço de atendimento por WhatsApp com a conta verificada está disponível 24 horas por dia nos 7 dias da semana. Outras empresas no Brasil, Indonésia, Índia e Europa também já estão testando o app.

O WhatsApp também informou que novas revelações sobre seu novo aplicativo para negócios serão reveladas na próxima terça-feira, dia 12 de setembro.

Saiba mais sobre o WhatsApp e redes sociais:

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.