Marketing Digital 24/08/2012

18 Sites para criar um Portfólio na Internet

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

O Portfólio é algo indispensável para todos os freelancers. Enviar o currículo é algo que já está um pouco “fora de moda”. Por norma, e pelo que podemos verificar no diretório de freelancers, muitos profissionais já optam por enviar o seu portfólio em prol do currículo. Por outro lado, grande parte das empresas também pedem o site onde o freela tem os seus trabalhos expostos. Se você trabalhar numa área como web design ou fotografia, na qual a imagem é extremamente importante, o portfólio ganha ainda mais relevo. Contudo, mais importante do que criar o seu portfólio é fazê-lo com qualidade.

Dica: Se quer melhorar o seu portfólio, aconselho que dê uma olhada no nosso ebook Ser Freelancer, onde terá várias informações. Clique aqui!

A sua apresentação aos clientes vai dizer muito de si. Quando contrato um freelancer, as primeiras impressões que ele me deixa são extremamente importantes. Se o profissional escreve mal, demora muito tempo a responder aos emails ou tem um site com uma apresentação fraca, ficarei logicamente pouca segurança na sua contratação. Se por outro lado, se o freela é simpático, demora poucas horas a responder e tem um site com qualidade, as minhas chances de contratá-lo aumentam. Como é óbvio, depois entra em análise outros paramentos como o orçamento, tempo de entrega ou qualidade dos trabalhos apresentados. Mas como referi, esta primeira imagem é realmente importante.

Para conseguir fazê-lo de forma eficiente, nada melhor do que procurar por sites que possam oferecer um bom serviço. Hoje, trago uma lista com 18 sites que podem ser bastante úteis na hora de construir o portfólio. O preço que está ao lado representa os custos mínimos aconselháveis que deverá ter com a plataforma, pelo que depois poderá optar por fazer a atualização do seu plano.

1. CARBONMADE ($12 POR MÊS)

Foi construído em 2005 pelo inglês Dave para conseguir organizar o seu portfólio juntamente com os seus colegas. Contudo, esta ideia de negócio foi se desenvolvendo e passou a estar livre para todos. Com um design bastante atraente, este site permite que você tenha total liberdade para criar tudo aquilo pretende. Um dos seus pontos fortes é que você não necessita de ter conhecimentos de HTML para conseguir fazer alterações. O Carbonmane dá possibilidade de criar o seu site de forma gratuita mas também conta com uma versão paga. Como seria de esperar, o plano grátis é bastante limitador e permite que você insira apenas cinco projetos e 35 imagens. A versão paga, que custa 12 dólares por mês, permite que insira 50 projetos, 500 imagens e 10 videos.

2. KROP ($9,99 POR MÊS)

Mais dedicado às imagens, este site destaca-se pela forma organizada como exibe os seus projetos. Como seria de esperar, também tem um plano pago, com a possibilidade de inserir o seu próprio URL sem quaisquer propagandas. Tudo começou em 2000, com o projeto a ser dedicado, inicialmente, apenas a designers, com o dono do site a fazer apenas projetos pessoais. Em 2005, com o crescimento do número de clientes,o Krop foi lançado oficialmente, tendo sucesso imediato. Atualmente, este site recebe mais de um milhão de visitas mensais e ainda é liderado pelas mesmas pessoas que iniciaram o projeto. Empresas como a Apple, Facebook, Forbes, Google ou Nike já trabalharam com esta empresa.

3. BEHANCE NETWORK (GRÁTIS)

As primeiras imagens no Behance Network dão facilmente para perceber qual é o foco do site. Com imagens enormes, o Behance  permite que você insira imagens, texto, video, audio e ainda que insira os seus projetos provenientes do Flickr, Youtube ou Vimeo, sem qualquer limite de upload. É uma plataforma que funciona de uma forma completamente gratuita, inserindo apenas o seu nome no final do URL. Na mesma plataforma, você também pode encontrar outras pessoas da sua área de trabalho e partilhar experiências. Você tem ainda possibilidade de ter as redes sociais para ajudar na partilha dos seus artigos. Por último, pode ainda concorrer às ofertas de emprego do próprio Behance Network e fazer o seu login através do Facebook, LikedIn ou Google Plus.

4. PHOTOSHELTER ($9,99 POR MÊS)

Se você é um fotógrafo freelancer este site é uma excelente opção para si. O PhotoShelte permite que você venda as suas fotografias ou faça marketing pessoal. Atualmente, cerca de 70 mil profissionais para conseguir melhorar as suas imagens com os clientes. Com várias opções de templates, aqui as suas fotografias podem ser encontradas facilmente e partilhadas também com imensa facilidade. Outro ponto positivo é que pode ser utilizado por todo o tipo de jornalistas, sem ter qualquer limite de nichos. Contudo, todos estes benefícios têm um custo. Para quem quiser começar, o plano de 1 dólares dura apenas 14 dias. A partir daí, o plano mínimo é de 9,99 dólares enquanto que o mais caro vai até aos 49,99 dólares.

5. COROFLOT (GRÁTIS)

Se o site anterior era dedicado aos fotógrafos, este aqui dedica-se a todos os web designers. O Coroflot, que iniciou as suas funções em 1998, é utilizado por mais 200 mil profissionais por todo o mundo, tendo na sua base de dados mais 1.4 milhões de imagens. A plataforma foi criada por designers, é mantida para os designers e os fundadores do projeto continuam a manter os seus portfólios nesta mesma página. O site conta também com um job board bastante interessante, dedicado a todas as pessoas criativas e que já foi utilizado por marcas como a Nike, Nokia e Sony. Outro ponto positivo do Coroflot é que ele é completamente grátis e sem limite de ficheiros.

Este site funciona num sistema completamente aberto, que não exige qualquer pagamento e ainda dá possibilidade de você poder adicionar fotografias e vídeos. Por último, de realçar que o processo de signup é completamente inexistente e que o site facilita bastante a comunicação entre os designers e as pessoas que os contratam, o que torna a vida de um freela bem mais simples!

6. VIEWBOOK  ($4 POR MÊS)

Este site é dedicado a todas aquelas pessoas que gostam de manter as suas páginas com um design mais minimalista. Sem publicidades ou outras distrações, o ViewBook foca o seu conteúdo principalmente em imagens. Você ainda tem a hipótese de manter as suas imagens públicas ou privadas. O site começa com 30 dias grátis mas depois tem um custo que vai desde os 4 dólares por mês até aos 19. Apesar de ter milhares de utilizadores ativos, o site foi apenas fundado em 2009 por dois irmãos holandeses. Com o passar do tempo, o Viewbook foi sendo explorado por profissionais da área do web design, fotografia e criatividade. Atualmente, a plataforma é mantida através de 10 profissionais que além de ajudarem os utilizadores, ainda produzem conteúdo e produtos próprios.

7. DEVIANART (GRÁTIS)

Este site é a maior plataforma do mundo no que toca a hospedar criativos de todo o mundo. Criado em 2000, tem 13 milhões de utilizadores registrados que todos os dias fazem o upload de mais de 100 mil fotografias. Com 35 milhões de visualizações únicas, esta página permite que você crie o portfólio em poucos minutos e que comece logo a fazer o upload do seu trabalho. Ele permite, ainda, que um grande número de profissionais possam trocar ideias entre si e melhorar os seus conhecimentos. A opção grátis permite que você faça um upload de até 100 imagens, não tenha publicidade e ainda que personalize o seu portfólio mesmo não tendo quaisquer conhecimentos de HTML. Já a opção premium, tem custo de 4,95 dólares por mês, não tem qualquer limite no que toca a imagens e ainda poderá inserir o seu domínio próprio.

8. JOBRARY (GRÁTIS)

Ao contrário do Viewbook, o este site aposta num design mais moderno para conquistar os seus clientes. Quem pesquisar a página do “sobre” da empresa, verá que os seus fundadores encontraram uma forma bastante interessante de divulgarem o que é a empresa: criaram os seus próprios portfólios. De uma maneira bastante simples, o Jobrary permite que você crie o seu portfólio em poucos minutos, bastando para isso dar o seu nome, password e inserir o URL. Quem estiver com pouco tempo para criar a sua imagem on-line, este site é a escolha perfeita.

9. SMUGMUG ($39,95 POR ANO)

Para quem pretende conseguir ganhar algum dinheiro com as suas fotos, este site é uma excelente opção. O Smugmug permite que o profissional fique com 85% dos seus ganhos, partilhe no Twitter e Facebook e ainda que o seu site fique com um design extremamente atraente com a utilização do full screen. Contudo, você apenas poderá experimentar este serviço de forma completamente gratuita, tendo depois de adquirir um plano pago com um custo de apenas 39,95 dólares por ano. Apesar de ter este investimento inicial, o site pode ser uma excelente fonte de renda para todos os profissionais desta área.

10. SORTFOLIO (GRÁTIS)

O Sortfolio funciona ao contrário de grande parte dos sites. Enquanto que os falados anteriormente concentram-se mais no portfólio e ao troca de experiências profissionais é algo que está em segundo plano, o Sortfolio é uma página dedicada à interação entre profissionais e deixa o portfólio como algo secundário. O objetivo aqui é encontrar o web designer para o seu próximo projeto. No entanto, se você tiver um portfólio dentro do próprio site, as chances de ser contratado aumentam consideravelmente.

11. DRIPBOOK ($10 POR MÊS)

Para aquelas pessoas mais exigentes, o Dripbook é uma opção a ter em conta no mercado. O site dedica-se a duas vertentes de forma igualitária: contratação de freelancer e criação de portfólio. Para a contratação de pessoas,  apenas precisa fazer uma pesquisa pelo site. Pode procurar por área de negócios do freela ou por localização. Depois, pode fazer a proposta sem sequer ter login feito no site. Para o freela, a criação de um portfólio tem um custo mínimo, de 10 dólares, mas é uma excelente oportunidade de conseguir mais alguns trabalho. A plataforma dedica-se a fotógrafos, web designers ou ilustradores. Se quiser aumentar as suas chances de ser contratado, pode ainda melhorar o seu plano, podendo ser adquirido por 24 ou 39 dólares por mês.

12. GLOSSOM (GRÁTIS)

Mais uma excelente ferramenta para quem tem poucos conhecimentos sobre criação de portfólios. O Glossom é uma plataforma dedicada a criativos, web designers ou fotógrafos, que permite a criação de páginas bastante interessantes e com uma identidade visual única. Caso pretenda, pode alterar a sua estrutura sem ter quaisquer conhecimentos em HTML. Para isso basta que tire partido de todas as ferramentas que o Glossom tem para lhe oferecer. Para os mais preocupados com os direitos de autor, este site permite que tipo de proteção você pretende utilizar.

13. PORTFOLIO BOX (GRÁTIS)

Criado apenas em junho de 2010, este site foi construído depois de vencer um concurso sobre ideias de negócio na Suécia. Por estar no seu início, a plataforma conta apenas com 30 mil clientes inscritos. Contudo, é um site que tem tudo para crescer, não só pelas ferramentas que apresenta, mas também pelo preço competitivo que neste momento tem no mercado. Ele pode ser utilizado de forma gratuita ou paga. Comecemos pela primeira. A opção sem custos é viável para quem pretende gastar pouco dinheiro como freelancer. Esta possibilidade permite que você faça o upload de até 50 imagens, edição através de CMS, proteção dos direitos de autor e templates PRO grátis pr 30 dias. Já a opção garante um domínio próprio, um email, a possibilidade de guardar mais de 100 imagens e uma página de contatos, entre outras coisas. A versão paga tem um custo de 69 dólares por ano.

14. CUTTINGS.ME (GRÁTIS)

Já aqui falamos sobre portfólios para web designers e ilustradores, mas o Cuttings foge um pouco à lógica. Este é um site dedicado a jornalistas, onde todos podem partilhar os seus melhores artigos ou as suas histórias mais interessantes. É impressionante como tudo neste site acontece de uma forma tão rápida e intuitiva, tal como os jornalistas precisam de trabalhar. Se você é blogueiro ou escritor freelancer, esta página também pode ser uma opção bastante interessante. Jornalistas do The Guardian, Nw York Times ou El Mundo também utilizam esta opção para darem a conhecer o seu trabalho.

15. PRESSFOLIOS (GRÁTIS)

Tal como o nome próprio o indica, este site também é dedicado a escritores. No mercado há pouco tempo, este site permite que você consiga a partilha do seu conteúdo de uma forma bastante simples: basta copiar o URL e clicar em partilhar. Ele ainda dá a opção de você adicionar tags aos seus textos ou ainda generar um PDF do próprio artigo, o que pode ser muito interesse no momento de mostrar o seu trabalho com clientes. Outro ponto interessante é que pode dividir tudo categorias. Um escritor freelancer pode escrever artigos para blogs ou jornais. Se você preferir, pode mostrar ao seu clientes os artigos relativos à categoria que ele pretende contratar. Você também pode adicionar o seu perfil nas redes sociais

16. FLAVORS (GRÁTIS)

Mais uma excelente opção gratuita. Contudo, o Flavors é um site para portfólios completamente diferente dos anteriores. Com um visual diferenciado, o Flavors permite que você adicione tudo o que quiser: Videos, fotos ou atualizações das redes sociais. Tudo isto em pouco minutos. Você pode ainda monitorar as suas visitas, ter o seu próprio URL ou ter uma versão mobile. Como seria de esperar, estas opções implicam que você tenha uma versão paga. Com a gratuita, você tem apenas acesso a sete layouts diferentes. Já na paga, conta com 22 e além disso ainda pode o seu URL personalizado, um formulário de contato ou estatísticas a tempo real. Isto tudo por apenas 20 dólares por mês.

17. ABOUT.ME (GRÁTIS)

Este site serve mais para uma promoção mais pessoal do que dos seus serviços. O About.me é um excelente site, onde você pode inserir as suas fotografias, fazer uma pequena definição de si mesmo e ainda pode linkar para os seus sites nas mídias sociais. Com o objetivo de ser o mais minimalista possível, o site não permite adicionar muitas opções. No que toca a fotografias, apenas permite que adicione a sua fotografia de fundo favorita, por exemplo. Você também acesso ao dados das visitas do seu site.

18. DRIBBLE (GRÁTIS)

Fugir do conceito habitual de portfólio foi o objetivo do Dribble. Este site, construído essencialmente para criativos, serve para partilha de “shots” tirados durante a realização do trabalho. A interface do site é bastante simples. Cada fotografia sua tem possibilidade de ser comentada e ainda dá possibilidade de você fazer uma pequena descrição. O site conta ainda com uma secção para encontrar designers, para que possam ser feitas propostas de empregos. Um site que tem tudo para dar certo, principalmente se tivermos em conta que a área dos aplicativos está em constante crescimento.

Como pôde ver, não faltam opções para você construir um portfólio. Agora, é ver qual se adequa melhor ao seu trabalho e quanto você está disposto a investir. Contudo, recorde-se que a imagem apresentada ao seu cliente é importante e caso você esteja em dúvida se deve investir, ou não, no seu portfólio, recorde-se que ele é a sua imagem de marca. E é essa mesma imagem de marca que vai “convencer” o seu cliente a contratá-lo.

Agora, peço ao leitor que nos dê a conhecer qual site utiliza para construir o seu portfólio e como tem sido a sua experiência com ele. Caso, queira, também sinta-se à vontade de inserir o link para o seu portfólio pessoal no comentário para divulgar o seu trabalho.

Abraço e bom trabalho!

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE GRÁTIS O EBOOK "CHECKLIST PARA FACEBOOK"
Os primeiros passos com sua página no Facebook.

Checklist para facebook
close-link