Produtividade 16/06/2015

7 sinais que o perfeccionismo está prejudicando o seu trabalho

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Ser exigente com o seu trabalho é uma característica positiva. Afinal de contas, é a exigência que vai fazer com que você evolua enquanto profissional. O próprio Steve Jobs era uma dos maiores exemplos de exigência máxima. Mas tal como em qualquer área da sua vida, ser demasiado exigente pode tornar-se algo negativo ao invés de positivo.

Quem não conhece aquele amigo que fica sempre adiando o seu próximo projeto porque ele ainda não está perfeito?

Ou aquele colega de profissão que insiste em não começar outro projeto enquanto o anterior não estiver concluído?

Isso acaba por ser um perfeccionismo exagerado e é sobre isso mesmo que vamos falar neste artigo. Sobre como a intenção de fazer tudo perfeito pode prejudicar a evolução dos seus negócios. São sinais bem simples, mas que você deve ficar atento.

1. Você se sente culpado por não entregar o melhor que pode

Sabe aquela sensação de culpa por não entregar o melhor projeto possível ao seu cliente? Pois é, ela pode ser um indicador de um perfeccionismo exagerado. Não estou dizendo que isso você não deve ser exigente com o seu trabalho, nada disso. O que estou pretendo transmitir é que, muitas vezes, o “melhor possível”, vai acabar prejudicando o seu prazo, outros projetos ou até mesmo a sua produtividade.

Em algumas ocasiões, é melhor entregar o projeto com uma qualidade um pouco inferior, mas conseguir cumprir prazos e respeitar o que foi acordado com o cliente.

2. O prazo é sempre um problema

Uma das razões para o prazo ser constantemente um problema, é porque você trabalha tanto, mas tanto naquele projeto, que ele acaba por entregue fora da data combinada. Para perceber se isso corresponde ao seu caso, o melhor é perguntar para você mesmo:

“Durante os últimos 6 meses, quantos projetos foram entregues fora do prazo?”

Se mais de metade foram depois da data combinada com o seu cliente, o melhor é você rever o seu perfeccionismo.

3. A perfeição é o seu único diferencial

Ter um trabalho com boa qualidade é um excelente diferencial, mas infelizmente só isso não é suficiente. Um negócio não sobrevive por ter “apenas” um produto de qualidade. Ele necessita de um bom atendimento ao cliente, uma boa prospecção de clientes, estratégias de divulgação na mídia, parcerias estratégicas, etc.

Nesse caso, outra forma de você entender se é (ou não) demasiado perfeccionista, é fazer uma análise intrínseca e perguntar para você mesmo: “Será que a qualidade é realmente o meu único diferencial?”. Pense nisso.

perfecionismo

4. Você esquece do objetivo principal

Quando você desenvolve um projeto, ele passa por várias fases. O briefing do cliente, a sua proposta, o desenvolvimento e por fim a entrega do projeto. De uma forma muito resumida, é isto com acontece.

Durante o briefing, o cliente vai dar as guidelines para você desenvolver o projeto. E é nessas mesmas guidelines que reside o objetivo principal do projeto!

O cliente quer um site que venda? Então o objetivo principal é a venda.

O cliente quer um artigo sobre emagrecimento? Então o foco é você ajudar o leitor a emagrecer.

O cliente quer um vídeo sobre a sua marca? Então o objetivo final é criar um vídeo que represente bem a sua marca.

Entendeu? Porém, muitos freelas esquecem do objetivo principal do projeto e ficam preocupados com pormenores que não contribuem para aquela que é a meta principal do seu cliente.

Antes de iniciar qualquer projeto, tenha bem clara qual é a meta principal do seu cliente e o que você precisa fazer para cumpri-la. Depois disso, o resto passa a ser secundário.

5. Você adora criticar o trabalho dos outros

Outro problema das pessoas perfeccionistas é que, para elas, apenas o seu próprio trabalho tem qualidade. Os restantes têm sempre algum defeito. Nesses casos, é necessário entender que os outros profissionais enfrentam várias fases nas suas carreiras. O trabalho que você está criticando pode ter sido desenvolvido por alguém que está começando e, por esse motivo, não apresenta uma qualidade tão interessante. Ou pode ser um projeto que tenha apenas um ponto de visto diferente do seu, nada mais!

6. Você tem saudades dos tempos do colégio ou da faculdade

Infelizmente, o ensino tradicional beneficia muito o “trabalho árduo” ao invés da criatividade (salvo raras exceções, obviamente). E esse ensino acaba por ajudar os perfeccionistas, que adoram investir horas e horas realizando projetos. Porém, na vida “real”, trabalhar mais do que os outros não é o único diferencial. Você vai precisar de estratégia, visão, um bom gerenciamento de tempo e ainda uma excelente definição de metas a curto, médio e longo prazo.

Se você está sempre comentando que quando estudava no colégio ou na faculdade tinha mais motivação para entregar projetos, analise se isso não está relacionado com o seu perfeccionismo exagerado.

7. Você adora controlar as outras pessoas

O perfeccionismo excessivo não prejudica apenas o seu dia-a-dia: ele também pode prejudicar outras pessoas que trabalham com você. Um perfeccionista considera que o mundo deve funcionar segundo os seus valores e as suas crenças e tudo o que não estiver a ser feito dessa forma, está errado.

Ao trabalhar com outras pessoas, é necessário respeitar os seus pontos de vista e, acima de tudo, ter mente aberta para experimentar novas estratégias!

O seu sócio aconselhou uma nova metodologia de vendas? Teste ela!

Um membro da sua equipe acredita que um software vai tornar o vosso trabalho mais produtivo? Experimente ele!

Sendo menos perfeccionista, você vai acabar por viver mais tranquilo e satisfeito com o seu trabalho. Eu tenho me focado em mudar isso ao longo dos últimos anos (principalmente no que toca à organização e produtividade) e os resultados têm sido bastante satisfatórios.

Jamais deixe de ser exigente, mas não cometa exageros.

E você, costuma ser muito perfeccionista? Participe nos comentários e me conte o que você achou do artigo.

Abraço,

Luciano Larrossa

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE GRÁTIS O EBOOK "CHECKLIST PARA FACEBOOK"
Os primeiros passos com sua página no Facebook.

Checklist para facebook
close-link