Marketing Digital 16/09/2011

30 razões porque ninguém lê o seu blog

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Muitas vezes nós, como blogueiros, fazemos esta questão: mas porquê as visitas no meu blog não aumentam? A primeira resposta a esta pergunta está relacionada com o tempo. Ter paciência para deixar uma negócio crescer como se ele fosse um filho é uma característica que poucas pessoas têm e começam a questionar-se relativamente aos visitantes logo nos primeiros meses. Por experiência própria, tenho-lhe a dizer que os frutos de manter a regularidade nos posts, interagir nas redes sociais ou responder aos comentários apenas têm dado os devidos frutos agora.

Erros cometidos nos primeiros meses de vida? Talvez, mas a vida de qualquer startup ou negócio de freelancer é mesmo assim, crescendo e aprendendo. Mas se retirarmos o fator falta de paciência, existem muitos outros pontos que fazem com que o seu blog não seja lido. Infelizmente muitos negócios ficam para trás sem que os seus criadores notem os erros que cometeram.

Mas por que isso acontece?

A primeiro problema é mesmo a falta de análise. Todos os dias perco cerca de meia hora com o Google Analytics visualizando de onde vêm as visitas, quais os temas que mais têm gostado ou quais os meus posts que foram mais retweetados. Sem isso, eu não teria capacidade de perceber o que o meu leitor quer ou que faz com que ele voltem a visitar o meu blog. É o mesmo que alguém começar a vender um produto e não entender porquê ele não está sendo vendido, continuando a produzir como se nada tivesse a acontecer. O segundo motivo para alguns blogueiros não conseguirem evoluir prende-se com o fato de não acompanharem outros blogs, fazendo com que não renovem os seus conhecimentos. Ver como outros fazem é bom para gerar novas ideias e melhorar a sua criatividade.

Todos os dias perco cerca de meia hora vendo os tweets de outros blogs. Os que me agradarem ficam todos guardados no Basecamp para que leia todos na diagonal quando parar de pesquisar no Twitter. Perda de tempo? Nada disso. Desde que se consiga organizar o dia de um modo eficiente, irá sempre sobrar tempo para produzir e para renovar os seus conhecimentos. Mas quem comete estes erros de rotina normalmente multiplica estas más opções com atitudes pouco inteligentes. Para que consiga entender quais são alguns dos erros que podem estar cometendo, fica aqui uma boa lista do que pode estar fazendo e que tem prejudicado o seu blog. O recado está dado.

ler felicidade

1. Não sabe porque começou a escrever no seu blog: Iniciar um negócio apenas porque está na moda é um erro. Reveja os seus objetivos e questione-se porquê está escrevendo. Fazer as coisas sem paixão não levam a lado nenhum.

2. Não se dedica a um nicho: Não tenho nada contra os sites generalistas. Mas a verdade é que esses tipos de negócios são muito fáceis de copiar. Quando se inicia um projeto, uma das questões que deve fazer é “Será que o meu negócio é fácil de copiar?”. Se o for, o mais provável é que demore a engrenar e que o seu tempo de vida seja muito curto. Já com um nicho isso é mais difícil de acontecer, apesar de não ser impossível.

3. O seu blog não tem um aspeto profissional: Se você é daqueles que ainda não comprou um domínio próprio e continua com um template gratuito, este recado é para si. Coloque-se no lugar do leitor. Você tem mais prazer em ler algo com aspeto profissional ou num blog igual a todos? Você gostaria de ler um blog mais profissional ou um amador? E não venha com as desculpas do investimento. Afinal de contas, você está querendo receber leitores sem investir neles?

4.  Ainda não escreveu guest-posts: Se quiser que o seu blog comece a crescer de um modo mais acelerado, o melhor é mesmo escrever para outros blogs. Recentemente comecei a escrever para outros sites e a verdade é que isso fez acelerar o meu crescimento de um modo exponencial. Não tanto pelas visitas diretas, mas também pelo crescimento nos motores de busca. Aconselho a leitura sobre as dicas para quem escreve artigos para outros blogs (guest-posts).

5. Ainda não pagou artigos patrocinados: Se você é daqueles preguiçosos que não está afim de escrever para outros, outra boa opção para ajudar a acelerar o seu crescimento é pagar artigos patrocinados.

6. Ainda não interage nas redes sociais: Muito cuidado com este ponto. Interagir nas redes sociais não é criar uma conta no Facebook e Twitter e ir partilhando os seus posts lá. É muito mais que isso. Interagir com os leitores, criar concursos exclusivos ou partilhar textos de outros blogs é importante para fazer a sua comunidade crescer e fazer com que as pessoas o sigam.

7. As suas páginas nas redes sociais são feias: Se quer que o seu blog tenha um aspeto profissional, as suas redes sociais também têm que parecer como tal. Deixe as suas páginas com um aspeto profissional, nem que para isso tenha de estudar como o fazer.

8. Você não está atento às últimas novidades: Escrever para blogs não é apenas redigir artigos que sejam intemporais, mas também falar de temas atuais. Dou-lhe como exemplo o meu texto sobre o Miguel Gonçalves: o exemplo de um empreendedor de sucesso. Ao ver que o vídeo estava a ser um dos temas mais balados no Facebook, decidi escrever um texto sobre o assunto. Resultado? Um artigo com 227 “gostos” no Facebook.

9. Sai muitas vezes do seu tema principal: Se tenho um blog sobre freelancing, de que me vale escrever sobre psicologia? Concentre-se no seu nicho e escreva para eles. Se quiser fugir um pouco ao tema, não seja de extremos.

10. Não presta atenção aos seus subscritores: Atualmente, os leitores provenientes da subscrição é a sexta melhor fonte de leitores do blog, tendo esse número estado a crescer constantemente. Não despreza todos os emails que pode enviar e aposta forte na subscrição.

11. Não se preocupa com a produtividade: Quanto tempo você perde a escrever um texto? Quanto mais demorar, menos quantidade irá escrever ou menos irá renovar os seus conhecimentos. Ao redigir um artigo, preocupe-se em ficar focado apenas nele e esquecer o resto. Verá a qualidade aumentar e o tempo perdido a diminuir.

12. Os seus textos são chatos: Vamos esclarecer uma coisa: ninguém gosta de ler textos chatos e escritos sem paixão. Se você acha que vai aumentar o número de leitores apenas porque está falando de temas com muita procura nos motores de busca, esqueça. No máximo irão ler os seus títulos e ir embora. Apesar de não ser fácil, quando escrever tente agarrar o leitor do princípio ao fim do seu texto.

13. O seu português não tem qualidade: Querer ganhar dinheiro através da escrita sem saber escrever não é uma tarefa fácil. É o mesmo que querer ser jogador de futebol sem saber chutar uma bola. Se acha que o seu português não é o melhor, dedique várias horas do seu dia à leitura e leia alguns livros sobre como escrever melhor.

14. A estrutura dos seus artigos não é boa: Se pegarmos nos jornais de há quarenta anos e compararmos com os de agora, os atuais parecem mais fáceis de ler enquanto os mais antigos parecem ser a coisa mais chata do mundo. Será que atualmente se escreve melhor? Nada disso, a única diferença é a forma como a organização do texto é apresentada. Por isso, tenha cuidado com a forma como apresenta os seus artigos. Faça-o de modo organizado e que facilite a leitura. Este texto sobre dicas essenciais para escrever artigos com qualidade pode ajudar.

15. O seu site é muito lento a carregar: Com o tempo praticamente contado, os seus leitores não vão esperar que a sua página seja carregada. Preocupe-se com a velocidade do seu blog. Talvez adicionar o plugin CloudFlare seja uma boa opção.

ler computador

16. Você é repetitivo: Quando se iniciar um blog apenas por iniciar, o mais certo é que ao fim de poucos meses as suas ideias fiquem esgotadas. Com isso, você começa a repetir os mesmos temas várias vezes. Seja original e procure sempre temas interessantes!

17. Você escreve para os motores de busca: Ter a preocupação em melhorar a sua indexação nos motores de busca é algo bom, mas não deve ser o seu principal foco. Não se esqueça que quem lê os seus textos são humanos e eles não têm paciência para títulos ou artigos que repetem dezenas de vezes uma palavra apenas para melhorar a posição no Google.

18. Você não é constante: Há “blogueiros” que devem estar muito ricos! Digo isto porque escrevem um artigo de mês a mês. Suponho que durante esse período estejam de férias porque conseguiram ganhar muito dinheiro com aquele texto. Seja constante e não deixe os seus leitores perdidos. Nem que seja um artigo por semana, mas escreva!

19. Não responde a comentários: Com o crescimento do número de comentários, este tem sido uma das minhas principais dificuldades. Mas continuo tentando e um dia hei-de conseguir encontrar uma forma de ter sempre os comentários respondidos. E esta atitude é importante para que o leitor perceba que não é uma “máquina” que está do outro lado digitando os textos, mas sim um humano que está disposto a responder às dúvidas que os leitores deixam nos comentários e a está disposto a interagir com eles.

20. Você não linka para outros textos: Dar aos seus leitores uma “continuação” do que eles estão lendo, faz com que eles passem mais tempo no seu blog, melhorando a imagem que o Google tem de você e diminuindo a taxa de rejeição do seu blog. Isso dá trabalho? Eu sei que dá, mas se um blog não for encarado com uma forma de trabalho nunca irá aumentar o número de visitantes!

21. O seu texto não tem conexão: Já ouviu falar em introdução, desenvolvimento e conclusão? Pois é, muitos textos de blogueiros que vejo por aí parecem começar pelo final e finalizar com o início. Organize os seus textos de um modo coerente para que a leitura seja algo agradável e não uma tortura.

22. Não dá a cara: Essa caixa que você está vendo no final do texto que fala um pouco de mim é importante que você tenha no seu blog. Não digo que tenha de ser no mesmo local desta, mas coloque-a no seu blog. Isto porque a sensação de saber quem escreve os artigos gera maior confiança por parte do leitor.

23. Não faz publicidade: Investir no seu negócio é algo determinante. No início para se dar a conhecer, ao fim de alguns meses para que não se esqueçam de si. A publicidade é algo essencial, quer seja no Adwords ou a colocar um banner. E ao fazer não faça no blog que lhe cobrar menos, mas sim no que lhe der melhores garantias.

24. Não interage com outros blogueiros: No mundo dos negócios, conhecer as pessoas certas é meio caminho andado para o sucesso. Na internet a regra repete-se. Ao se dar bem com outros profissionais, irá trocar conhecimentos e quem sabe eles não divulgam alguns dos seus artigos.

25. Falta de coerência: A confiança é a palavra-chave se quisermos manter um leitor no nosso blog e para que isso aconteça a coerência torna-se determinante. De que me vale a pena falar que o Evernote é uma excelente ferramenta para freelancers e passado um mês dizer que já não o é? Seja coerente com os seus leitores se quiser conquistar a confiança deles.

26. Falta criatividade nos temas dos seus artigos: O que têm em comum wallpapers para motivação, startups brasileiras e o Klout? À primeira vista nada. Mas a verdade é que ao “encaminhar” estes temas para a área de freelancing conseguimos criar algo útil para os nossos leitores. No seu blog, seja criativo e tente utilizar outros temas que há partida parecem distantes mas que no final até podem ajudar os seus leitores.

27. Não acredita em você: Começar algo sem pensar que irá ser um dos melhores é o primeiro passo para fracassar. Se não mostrar convicção naquilo que está a escrever os seus leitores irão notar. Desde o primeiro dia acredite no seu blog, dê tudo por ele e vença todas as batalhas diárias.

28. Não oferece nada aos seus leitores: Eu sei que não ofereço, mas isso não quer dizer que não esteja nos meus planos. E com isso, sei que quando o fizer as minhas visitas irão aumentar. No seu blog, é importante saber que se não oferece algo aos seus leitores, está a diminuir drasticamente a probabilidade de conseguir mais visitas.

29. Não tem botões de partilha: Não pense que as pessoas vão ler o seu texto e correr para partilhá-lo no Twitter ou no Facebook. Está a ver essa barra à sua esquerda? Dê uma opção aos seus leitores mais fácil e rápida para que partilhem os seus textos.

30. Falta-lhe humildade: Todos detestamos pessoas pouco humildes, por melhores que elas sejam naquilo que fazem. Como blogueiro, tente ser humilde, admitir os seus erros e saber aceitar as criticas. Apagar comentários menos positivos ou pensar que nunca erra é o primeiro passo para criar má reputação na blogosfera.

E o leitor, sabe quais são os erros que o têm levado a ter menos leitores? Alguns destes enquadram-se no seu blog?

Abraço!

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE GRÁTIS O EBOOK "PENSAMENTOS SOBRE MARKETING DIGITAL"
Este livro reúne 31 estratégias para você aplicar no seu negócio.

Pensamentos sobre marketing digital
close-link