Marketing Digital 29/04/2013

11 coisas que gostaria de saber antes de ter iniciado a minha carreira de freela

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Todos nós vamos aprendendo ao longo do tempo e se trabalharmos de forma empenhada, amanhã seremos melhores profissionais do que hoje. É o processo natural da evolução. Certamente, em algum momento da sua vida, você já terá pensado em como foi infantil em cometer aquele erro ou como você devia ter tido mais calma naquela decisão. É comum e quem jamais passou por esta situação “que atire a primeira pedra”. Mas mais do que pensar nos erros cometidos no passado é importante aprender com eles. E é com esse objetivo que partilho hoje com vocês alguns dos pontos que gostaria de ter sabido antes de iniciar a minha carreira de freelancer. Acredito que são pontos comuns a muitos de vocês, até porque existem erros que são cometidos pela grande maioria dos profissionais.

Mas antes de dar início à minha análise pessoal, convido você, leitor, a deixar um comentário no final do artigo contando um pouco da sua própria experiência e deixando para nós o testemunho de um erro que você gostaria de ter evitado. Certamente será uma mais-valia para as pessoas que lerem o artigo. Posto isso, vamos à nossa lista!

1. NEM TODOS OS CLIENTES SERVEM

Nem todos os clientes são bons para trabalhar, pois futuramente o dinheiro pago por eles não compensa o trabalho que temos. Porém, no início da carreira é difícil ter essa noção. Todo o dinheiro que “entra” é importante e por isso o “sim” é quase sempre a resposta dada. Além disso, o portfólio é muito reduzido e por isso o importante neste momento é conseguir os primeiros clientes para que outros possam vir em seguida. Conforme o tempo foi passando, fui aprendendo a selecionar os clientes que realmente vale a pena trabalhar. Hoje em dia consigo ter a noção se o cliente tem qualidade através da própria proposta ou mesmo através de uma pequena troca de emails. Ao início não era assim. Mas considero que este é “um mal necessário”.

Afinal de contas, sem experiência fica difícil de identificar os clientes com que vale a pena trabalhar. Se você está com problemas em relacionar-se com os seus clientes, esta palestra é ideal para você.

2. CRIAR UM BLOG É FUNDAMENTAL

Antes de iniciar a Escola Freelancer a minha demanda de projetos era uma. Depois da criação do blog a procura passou a ser outra. Não só aumentou a quantidade mas também a própria qualidade. Hoje em dia alguns clientes nem sequer fazem muitas perguntas sobre o meu trabalho: dão apenas uma olhada no blog e por norma a resposta é sim. O fato de ter um ebook produzido também ajuda muito. Se soubesse, teria criado um blog logo no primeiro dia.

Pondere ler: Como se escreve um bom texto para um blog?

3. FOCO NA PRODUTIVIDADE

Atualmente me considero uma pessoa produtiva, mas nem sempre fui assim. Desde muito novo que sempre fui uma pessoa muito desorganizada. Nunca senti a verdadeira necessidade de ser produtivo. Porém, quando comecei a viver sozinho e iniciei a minha carreira de freela, fui obrigado a aumentar a minha organização. Li e reli muitos livros sobre o assunto. Mas tudo isso demorou o seu tempo. Passar de uma pessoa completamente desorganizada para alguém que utiliza um aplicativo para organizar o dia, que define objetivos e que faz uma boa gestão do tempo é algo que demora. Se tivesse começado mais cedo, certamente teria sido uma pessoa produtiva muito antes.

4. FOQUE-SE EM GANHAR CADA VEZ MAIS

Muitos profissionais sofrem do síndrome “Peter Pan nos negócios”. São profissionais que querem ganhar algum dinheiro mas que não querem crescer. Então ficam focados em fazer o mínimo, em manter os seus rendimentos. Além disso, não gostam de investir: preferem poupar dinheiro do que investir em publicidade ou na compra de livros. Poupar dinheiro é necessário. No entanto, é necessário investir muito mais do que se poupa. É necessário que o freelancer poupe 10% do que ganha. Porém, o que faz com o resto? Paga contas e gasta? Ao longo dos anos, fui aprendendo que grande parte desse dinheiro deve ser realizado para fazer investimentos nos meus negócios. Dessa forma, ele irá crescer muito mais rapidamente. Poupar é importante, mas investir é essencial. Por isso, ultimamente tenho investido em publicidade no Facebook e contratação de redatores. Isso tem me garantido um crescimento fantástico! Caso contrário, se continuasse a trabalhar sozinho e a deixar a publicidade de lado, jamais estaria crescendo a taxas tão elevadas.

erros que cometi na carreira de freelancer

5.  APRENDA SOBRE REDES SOCIAIS. RÁPIDO!

As redes sociais são uma excelente forma de conseguir clientes e criar contatos que, no futuro, podem dar origem a vários projetos. Quando comecei a minha carreira de freela, pouco percebia sobre redes sociais. Tinha conta aberta em algumas mas nunca tentei ver aqueles sites com um objetivo de fechar negócios. Porém, ao longo dos últimos meses tenho me apercebido da importância das mídias sociais para os negócios.

O Facebook e o LinkedIn, principalmente, têm se revelado determinantes para conseguir novos contatos. Pelo que me tenho apercebido ao longo dos últimos anos, mais importante do que entrar nas redes sociais é estar presente nelas desde o início. Quem começa primeiro tem sempre uma grande vantagem. Por isso, se você está fora do Pinterest, do Instagram ou do Google Plus (as redes sociais do futuro), considere começar a utilizá-las hoje.

6. A CREDIBILIDADE É A CHAVE PARA TUDO

Quando muitos freelas iniciam a sua carreira, eles apenas estão focados em conseguir mais clientes. A qualidade não é importante e a qualidade da entrega dos seus projetos também não é uma prioridade. O importante neste momento é “ganhar mais dinheiro” e “conseguir mais clientes”. Esse também foi o meu pensamento ao início, mas com o tempo fui percebendo que ao tentar angariar muitos clientes acabava por ter menos qualidade no meu trabalho. E aí a minha credibilidade no mercado era muito baixa. A partir do momento que comecei a ser mais seletivo e a focar-me na qualidade, tudo mudou. Ok, ao início não foi fácil. Fui obrigado a dar respostas negativas muitas vezes. No entanto, com o passar dos meses, o pagamento feito por cada projeto aumentou, os problemas com  os clientes diminuíram e o meu reconhecimento subiu. Uma mudança de pensamento mudou a minha realidade.

7. A PRIMEIRA IDEIA NEM SEMPRE É A MELHOR

Quando estamos no início da nossa carreira temos muitas ideias. Achamos que os projetos que temos em mente são tão perfeitos que não têm como dar errado. Mas a verdade é que as primeiras ideias quase sempre dão errado. Com o tempo acabamos por entender isso. Eu também fui percebendo isso com alguns projetos que infelizmente tive de deixar para trás. Por isso, se você está trabalhando num projeto há vários meses e ele não está dando certo, talvez seja porque esse ideia não nasceu para dar certo. Siga em frente!

8. NÃO EXISTE HORA CERTA PARA TRABALHAR

Definir horários e tentar cumpri-los é um hábito que sempre aconselho na Escola Freelancer. É importante ter uma hora para começar o seu trabalho e outra hora para finalizar. No entanto, nem sempre será assim. Vão existir alguns dias que você vai precisar de trabalhar 12 horas. Existem outros em que você vai ter de virar noite porque o trabalho com o cliente precisa de ser entregue no dia seguinte. São exceções, mas vão acontecer. Isto claro, se você quiser ser um profissional bem sucedido. Mas ao início eu não pensava assim. Quando iniciei a carreira de freela, pensei que iria ter “aquela liberdade” que todo mundo imagina. Nada disso aconteceu. Por isso, se você quiser iniciar a carreira de freelancer, esteja pronto para ser rigoroso e muitas vezes abdicar da sua vida pessoal em prol do trabalho.

erros a evitar na carreira

9. OS FREELANCERS NECESSITAM DE VÁRIAS FONTES DE RENDIMENTO

Ao iniciar a minha carreira de freela, o meu único foco era ganhar dinheiro através da produção de conteúdo, quer fosse para sites e blogs ou enquanto jornalista. Considerava que essa seria uma forma inteligente e rentável de trabalhar. Nada mais errado. Com o tempo, fui percebendo que o meu conhecimento (nesse caso a escrita) poderia ser aproveitado para outros projetos. Foi assim que surgiu a Escola Freelancer, foi assim que surgiu o ebook Ser Freelancer e será com a ajuda deste meu conhecimento que certamente surgirão outros produtos e projetos. Por vezes é necessário pensar um pouco fora da caixa.

Dica: Além do que já faz atualmente, como poderia ser usado o seu conhecimento para gerar mais rendimento? Pense nisto.

10. O MELHOR CLIENTE É AQUELE QUE VOLTA

Conseguir muitos clientes nem sempre é sinônimo de sucesso, bem pelo contrário. Por norma, os clientes mais rentáveis são aqueles que contratam o freelancer várias e várias vezes. Ficar o tempo todo procurando por novos clientes pode ser um sinal de que algo no seu trabalho não está bem. Os clientes que voltam são mais rentáveis, fazem boas referências e não necessitam de ser procurados. Já tinha pensado nisto?

11. INVESTIR NO MATERIAL É PREPONDERANTE

Nunca fui muito recetivo a investir em material. Sempre que pensei que ele não era muito relevante e que, com melhor ou com pior qualidade, o trabalho acabaria por ser feito. Mais uma vez errei. Para se ter qualidade no trabalho de freelancer é necessário adquirir um computador de qualidade, uma cadeira confortável, celular que permita responder a emails durante viagens, aplicativos para organizar projetos, etc. Investir na qualidade é também investir na satisfação dos clientes a longo prazo.

Muitas das dicas que transmitimos ao longo deste artigo são compartilhadas no nosso ebook Ser Freelancer.

CONCLUSÃO

Estes foram, a meu ver, os principais erros que cometi durante a minha carreira. Poderia ficar aqui falando de mais alguns, mas estes são efetivamente os mais relevantes. E foi para evitar que outras pessoas cometessem estes erros que escrevi o ebook Ser Freelancer, um livro bastante completo que resume muito bem todos os passos que o freela deve seguir para não cometer todos estes erros e mais alguns.

E você, quais foram os principais erros que cometeu?

Abraço!

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE AGORA
O Ebook que vai ensinar você a criar imagens para redes sociais que geram curtidas, comentários e compartilhamentos!

close-link