Produtividade 01/04/2011

O que fazer quando o seu dia começa mesmo muito mal?

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Ontem o início do dia foi péssimo. Deu tudo errado. O meu computador não queria ligar e quando ligou a internet não funcionava. O almoço atrasou. As pessoas à minha volta pareciam estar todas mal humoradas. Enfim, um conjunto de situações que parecem ser más demais para acontecerem todas no mesmo dia. E ainda por cima, era um dia em que logo à partida estaria bastante ocupado em termos de tempo. Com todas estas dificuldades, a verdade é que consegui dar a volta por cima e fazer tudo aquilo a que me tinha proposto. Devido a isso decidi partilhar com o leitor alguns truques que utilizei para não ter aquele dia perdido e o que fiz para melhorar a produtividade, de modo a impedir que tivesse o dia estragado apenas porque alguns fatores externos não funcionaram a meu favor.

Sei que por vezes não é nada fácil. A nossa primeira vontade é de ficar na cama e desistir de tudo. Fingir que aquilo não aconteceu! Contudo, como freelancer essa atitude não deve fazer parte do seu dicionário. Nesse caso estará a desistir do seu negócio e os seus clientes não podem (nem querem) esperar. O seu negócio não tem culpa que a sua vida pessoal não esteja a acontecer da maneira como você queria. Sei que o seu dia também deve começar mal devido ao trabalho, mas mais uma vez, os seus clientes não devem sofrer as consequências.

Não pense no que aconteceu

Uma das grandes lições que aprendi no tênis foi que o ponto anterior nunca deve influenciar o ponto seguinte. Resumindo isto para o mundo do freelancing, o que aconteceu de negativo no início do dia não deve influenciar as suas tarefas seguintes. Eu sei que a atitude inicial será de sempre de ficar a reclamar com o que aconteceu, mas não faça isso! Lembre-se que o que já foi feito não pode, nunca mais, ser alterado. Pare de pensar que devia ter feito isto ou aquilo. O passado já lá vai mas o futuro apenas depende de si, por isso comece já a construi-lo.

Não se preocupe com o que não pode alterar

Muitas pessoas gostam de justificar o seu mau dia com o tempo chuvoso ou porque o trânsito estava muito congestionado. Adoram dizer que “aquilo”, está a alterar o seu “feitio”. É triste ver como alguma coisa, que é completamente exterior a nós, pode alterar o nosso estado de espírito. Se quiser melhorar o seu dia, comece por deixar de reclamar dos fatores externos. Utilize esta citação:

“Quando estiveres mal, faz uma pergunta a ti mesmo. Posso alterar o que me está a acontecer? Se sim, fá-lo já. Se não, nem te preocupes e começa a dar atenção às coisas que realmente podes alterar”

Tinha por hábito dizer sempre isto para mim quando começava a ficar alterado devido a fatores externos. Quando esses momentos começarem a aparecer na sua cabeça, utilize esta citação. Vai ver que consegue dar a volta por cima.

Construa já o seu futuro

Depois de parar de pensar no que já passou, chegou a hora de começar a desenhar o seu futuro. Agarre numa folha de papel e planeie os próximos passos. Isto ajuda a que organize a sua cabeça, que devido ao meu começo de dia, deve andar com mil ideias na cabeça e a pensar a toda a velocidade. Uma pequena escrita no papel irá acalmar os seus ânimos. Irá servir como guia para orientar a sua cabeça que nestes momentos precisa de um bússola.

Comece pelos passos mais simples

Com a mau início de dia, a sua moral deve estar mesmo lá em baixo. Portanto, está no momento de começar a ganhar coragem para enfrentar o dia. Que tal começar pelas tarefas mais simples? Ao ver algumas coisas realizadas, a coragem irá começar a tomar conta de si. Com isso, esquece o mau momento que há algumas horas muito rapidamente. Voltando ao meu exemplo e depois de começar o trabalho todo atrasado, defini o que queria fazer nas próximas cinco horas. Coloquei o que queria num papel e comecei desde a mais simples até à mais complicada. Resultado? Realizei uma tarefa que normalmente demoro seis horas em apenas cinco. Mas também em muito contribuiu a técnica que vou explicar abaixo.

Use a Lei de Parkinson

Esta foi realmente a minha mais-valia. Para quem não leu o nosso artigo sobre a Lei de Parkinson, deixo aqui um pequeno resumo da mesma. Esta lei diz que quanto menos tempo disponível tivermos para realizar uma tarefa, mais nos concentramos nela. Com isso, retiramos fatores externos que muitas vezes pouco acrescentam ao nosso trabalho e são na sua grande maioria, dispensáveis. Foi isso que fiz. Concentrei-me naquele objetivo e não vi mais nada durante esse período. Nestes dias, veja as suas tarefas como um caso de vida ou de morte. É claro que provavelmente não terão a mesma qualidade do que se tivesse todo o tempo do mundo para as realizar. Mas um dia não são dias. E nesses dias, a Lei de Parkinson é uma excelente opção.

Não pare enquanto não fizer tudo o que quer

Conforme vai cumprindo os objetivos que definiu, a tendência será sempre de retirar o pé do acelerador. Começar a relaxar quando vê que, afinal, até consegue fazer algumas coisas. Dou-lhe um conselho: não relaxe! Por um motivo bastante simples. Começar a trabalhar a um ritmo elevado uma vez você ainda consegue, mas fazê-lo uma segunda vez é muito mais complicado! Necessita de voltar a “arrancar” com o seu cérebro novamente para conseguir trabalhar com todas as suas capacidades. Se precisar, faça uma adaptação da técnica de Pomodoro e dê a si alguns intervalos durante a tarde de trabalho. Mas lembre-se que o seu dia começou mal e portanto terá que adaptá-lo às circunstâncias.

Analise os seus erros

Apesar de você não ter controle em alguns acontecimentos que prejudicaram o seu dia, com certeza existiram outros que poderiam ter sido alterados. No meu caso, se eu talvez já tivesse trocado o computador, tal como já estou a planear há algum tempo, não teria tido o primeiro problema. Se tivesse programado o almoço da melhor forma, talvez ele não se tivesse atrasado. Existem pequenos pormenores que realmente podem ajudar o seu dia a ser mais produtivo, desde que planeados. Contudo, lembre-se que às vezes por mais que planeie as coisas não saem da melhor forma. É bom que tenha isso em mente, para que não fique desmotivado no seu trabalho.

Planeje o dia seguinte

Sempre referi no que seu dia deve ser planejado na noite anterior. Esta é também uma das formas de cometer menos erros que possam atrasar o seu dia. Aliás, só o fato de não planear o seu dia já aumenta em muitos as probabilidades de as coisas não correrem bem. Para que consiga ser mais produtivo nos próximos dias, dou-lhe abaixo uma sequência de quatro artigos, que deve dar uma vista de olhos caso queira melhorar o seu desempenho enquanto freelancer:

O que costuma fazer nos maus dias?

Todos temos dias maus. Mentiroso será quem me disser que nunca teve um dia mau ou que isso não o afeta. Contudo, não podemos deixar que esse mau início estrague as próximas horas de trabalho. Tal como falei no artigo sobre um freelancer brasileiro de sucesso, nem sempre as coisas acontecem como queremos. O importante será cair e saber levantar. Como uma vez me disse o Miguel Lucas, “os prédios mais seguros os mais flexíveis, que abanam abanam mas não caem. Aqueles demasiado rígidos são os primeiros a cair”. É desta forma que deve funcionar a sua mente. Saber que a qualquer momento as coisas podem abanar, mas que o mais importante é saber sentir esse abanão e continuar em frente, sabendo que isso faz parte do seu mundo como freelancer.

E o leitor, como lida com os dias menos bons? Usa algumas técnicas especiais? O que achou das nossas dicas?

Abraço e bom descanso

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE GRÁTIS O EBOOK "CHECKLIST PARA FACEBOOK"
Os primeiros passos com sua página no Facebook.

Checklist para facebook
close-link