Produtividade 24/02/2011

Há quanto tempo não renova os seus conhecimentos?

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Uma das grandes capacidades do homem é a de conseguir constantemente renovar o seu conhecimento por vontade própria. É uma das características que nos diferencia da grande maioria dos seres vivos. Ao contrário dos animais por exemplo, que não têm vontade própria em renovar aquilo que sabem, nós seres humanos podemos saber mais sobre um determinado assunto. Basta que queiramos. Para o seu trabalho enquanto freelancer, é importante que renove constantemente aquilo que sabe ou corre o risco de ficar para trás. Sugar tudo aquilo que a sua área tem para ensinar faz com que esteja um passo à frente dos seus concorrentes, conseguindo deste modo criar produtos ou serviços mais inovadores, satisfazendo os clientes de uma forma cada vez melhor.

Infelizmente esta não é uma prática da maioria dos freelancers. Alguns pensam que já aprenderam tudo na faculdade enquanto outros são mais altruístas e pensam que a experiência que o mercado lhe deu é suficiente para ter sucesso para o resto da vida. Nada mais errado que isso. Grande génios como Bill Gates ou Warren Buffet confessam que passam quase tanto tempo a produzir como a ler sobre o mercado em que trabalham. Pensar que já sabemos tudo sobre um determinado assunto acaba nos deixando para trás. O mundo gira muito rápido e o que sabemos hoje é obsoleto amanhã. O que sabíamos há uma semana atrás de hoje pouco vale. Para que isso não aconteça, o leitor necessita de renovar constantemente os seus conhecimentos. Confira algumas vantagens de o fazer:

  • Está um passo à frente dos seus concorrentes;
  • Mantém-se motivado pois sente que existe sempre algo a aprender;
  • Ganha mais criatividade;
  • Ficará mais produtivo ficando sempre por dentro dos novos métodos de trabalho;
  • Pode informar aos seus clientes sobre as últimas tendências do mercado;
  • Dificilmente será apanhado desprevenido;
  • Poderá debater sobre os temas mais atuais;
  • Está a investir em si.

Ao ler este artigo já está, automaticamente, a renovar os seus conhecimentos. Se está aqui ao menos está no caminho certo. Significa que gosta de saber mais e não se contenta com o que tem na sua cabeça. Ler é, a meu ver, o modo mais impressionante e motivador de saber mais. Por falar nisso, veja algumas formas de aumentar os seus conhecimentos:

Ler livros

Tenha vários em minha casa. Mas nada comparado do que verá se visitar as casas de grandes génios. Alguns até têm autênticas bibliotecas em casa. Eles sabem que os livros são a melhor fonte de conhecimento que existem. Abordam vários temas em simultâneo, são escritos por pessoas com dezenas anos de experiência na área e quem os redige certamente já conseguiu alcançar o sucesso naquilo que faz. Alguns não os escrevem visando o lucro. Apenas porque sentem a necessidade de partilhar tudo aquilo que sabem. E esta é das formas mais sinceras e honestas de partilhar conhecimento, o que faz com que você consiga aprender de um modo mais duradouro.

Como fazer: Coloque um objetivo nas suas finanças pessoais e defina que irá comprar dois livros por mês. É o mínimo que pode fazer pelos seus conhecimentos. Se quiser gastar menos dinheiro, opte por ebooks. O importante é que escolha bem os temas que vai ler. Opte por livros que estejam relacionados com a sua área. Não digo que não deva ler romances. Eles até podem ajudá-lo a aumentar a sua criatividade na escrita. Mas se o seu tempo é algo que peca por escasso, o melhor será dedicar os poucos minutos livres que tem a algo que contribua para aumentar os seus conhecimentos.

Ler blogs

O grande benefício de renovar aquilo que sabe ao ler blogues é o fato de serem completamente grátis, fazendo com que não existam desculpas para não prestar atenção ao que está lá escrito. Poderá me dizer que a maioria deles são amadores e que pouco acrescentam àquilo que sabe. Mas a verdade é que os blogues são cada vez mais profissionais e conseguem transmitir uma informação de valor acrescentado. As escolas são um bom exemplo disso.

Como fazer: A melhor forma de não perder pitada o que eles têm a dizer será assinar a newsletter. Dessa forma pode receber toda a informação confortavelmente na sua caixa de email. Mas tenha cuidado. Não assine mais do que cinco blogs. Caso contrário corre o risco de receber emails e de não ler metade. Além de não conseguir manter a sua caixa de emails vazia. Menos é mais.

Escrever

Nunca teve a sensação de que lê muito mais 80% das coisas que lê não ficam na sua cabeça? Isso é normal. Eu também sentia isso. Quando comecei a trabalhar como jornalista reparei que os assuntos que escrevia ficavam mais facilmente na minha cabeça. Isto acontece porque a escrita obriga-nos a ter um olhar mais crítico sobre o assunto, não deixando passar alguns pormenores que ao serem lidos podem ficar por memorizar.

Como fazer: Quando terminar de ler um livro, faça um pequeno resumo. Agarre em cada capítulo e escreva o que ficou na sua cabeça sobre ele. Defina um mínimo de dez linhas para cada. Porquê isto? Considero que se leu o capítulo com atenção, saberá fazer um resumo de dez linhas. Se não o conseguir produzir, é porque realmente não percebeu o suficiente daquilo que leu. Volte a reler o capítulo até encontrar informação suficiente para escrever dez linhas.

Assistir a palestras e seminários

Ouvir os outros a falar é uma boa forma de adquirir mais informação. Quando alguém fala em público, transmite-nos a informação de um modo diferente, ficando a mesma mais facilmente nas nossas mentes. O que diferencia ainda mais este método é que pode acontecer uma interacção entre a pessoa que transmite e conhecimento e aquela que quer aprender. Além de perguntas que possam ser colocadas durante a palestra, podem depois trocar emails ou quem sabe até trabalharem em equipa.

Como fazer: Tal como nos livros, é importante que defina um valor para renovar o seu conhecimento desta forma. Não digo que necessite de ir a uma conferência por mês, mas talvez uma em cada dois meses seja o mais indicado. Ainda por cima vivemos numa época em que os sites de partilha de vídeo têm aumentado a curiosidade nesta área. Em Portugal e no Brasil existem cada vez mais entidades que se responsabilizam por organizar palestras com vários oradores.

Fale com outros especialistas da área

Comentar os assuntos em que você se considera especialista com outras pessoas que percebam tanto ou mais do que você sobre o tema pode ser uma boa forma de renovar os seus conhecimentos. Ao partilhar isso com eles, com certeza irão surgir questões, novas ideias ou será colocado em causa aquilo que você está a falar. Isso fará com que necessite de “provar” aquilo que está a dizer, obrigando-o por vezes a aprofundar ainda mais os assuntos em questão.

Como fazer: Experimente falar com outros freelancers que trabalhem na sua área. Pergunte-lhes a opinião sobre determinados temas através de email. Outra das formas é deixar comentários em assuntos que lhe interessam em blogs ou em fóruns. Com certeza outras pessoas irão debater o que você disse.

Tem renovado os seus conhecimentos?

Quando queremos reciclar um produto que seja fabricado com vidro, o que fazemos para reciclar? Metemos no vidrão. O mesmo você deverá fazer com os seus conhecimentos. Deve ir à procura de pessoas que falem sobre o que lhe interessa ou debater ideias com especialistas de modo a ter outra visão. É importante ir ao local certo para beber informação. De pouco lhe adianta andar a vaguear e pesquisar por coisas que não lhe vão acrescentar conhecimentos. Mas faça-o. Não se deixe ficar para trás. Andar um passo à frente pode significar a diferença entre o sucesso e o insucesso.

E o leitor, de que forma renova os seus conhecimentos? Tem tido cuidado com esse fator?

Abraço!

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.






BAIXE GRÁTIS O EBOOK "PENSAMENTOS SOBRE MARKETING DIGITAL"
Este livro reúne 31 estratégias para você aplicar no seu negócio.

close-link