Marketing Digital 29/11/2011

Guest-posts: 14 estratégias para conseguir ser aceite por outros blogueiros

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Para blogueiros que queiram crescer na internet, precisam sempre de uma ajuda inicial no que toca a envio de links, para que possam subir posições nos motores de busca e, consequentemente, terem mais visitas. Mas para quem está a começar, torna-se bastante complicado consegui-lo, visto que o reconhecimento é pouco e torna-se mais difícil entrar nos nichos em que se trabalha. Poderá deixar comentários, participar ativamente na página de fãs do Facebook ou enviar emails. Todas estas técnicas facilitam o contato com os autores mais conceituados, mas nada é mais eficiente do que escrever guest-posts.

Além de o autor passar a conhece-lo de um modo mais próximo, também tem oportunidade de mostrar um pouco do seu trabalho, dando ao qualidade ao blog em que publica, mas também conseguindo mais fãs para o seu site. Recentemente, publiquei um artigo dando algumas dicas para quem escreve para guest-posts. Nos comentários, reparei que alguns leitores não ficaram satisfeitos com os resultados depois de terem escrito para outros blogs. Isso deve-se com certeza a alguns fatores tais como:

  • O outro blog não tinha grande reputação
  • Não estava dentro do nicho que o seu blog está a explorar
  • Os artigos que você fez não tinham qualidade suficiente

Digo isto porque há alguns meses para cá, venho escrevendo artigos para o PDL, Midia8 e Efetividade com bons resultados, tanto para os sites em questão como o meu também, chegando até a receber comentários de leitores que afirmam terem conhecido o nosso blog por terem lido um post num destes sites que referi acima.

Como posso ser aceito por outros blogueiros?

Mas na realidade, não é tão fácil ser aceite para escrever guest-posts. Uma dificuldade que se compreende, especialmente quando ainda não temos um blog de sucesso e que se possa afirmar como referência. Basta você se colocar no papel do dono de um blog de sucesso. Você deixaria facilmente que outras pessoas escrevessem no seu site? Não ficaria de pé atrás caso não gostasse nos artigos que ele publica no próprio site? Ao se colocar no lugar de outra pessoa, acaba tendo uma melhor noção do que é realmente aceitar alguém para escrever no seu blog.

No entanto, existem algumas técnicas que podem ajudá-lo a aumentar as suas probabilidades de ser aceite. Preste atenção a algumas:

guest posts

1. Concentre-se no que o outro blog necessita

Não adianta escrever por escrever. Se quiser ser aceite pela outra pessoa, vá de encontro àquilo que ela necessita e não sabe escrever. Por exemplo, o meu conhecimento em fotografia é bastante básico. Por isso, quando escrevi um texto sobre o tema, pedi algumas dicas a um profissional para que me ensinasse alguns pontos-chave do que devia escrever. Contudo, se tivesse alguém interessado em escrever sobre o tema e me mostrasse algum conhecimento, com certeza seria uma excelente ajuda. Em todos os blogs existem áreas que podem ser exploradas, o importante é conseguir encontrá-las.

2. Seja humano no envio do email

Um dos passos mais importantes para conseguir ser aceite por outros blogueiros é o email que você envia. Vou lhe dar dois exemplos. Primeiro:

“Luciano, gostaria muito de escrever para a Escola Freelancer. Entendo muito de fotografia e penso que poderíamos ganhar os dois com a parceria”

Segundo exemplo:

“Luciano, a minha área principal é a fotografia freelancer e verifiquei que o vosso blog não tem muitos artigos na área. Tenho este blog (www.nomedosite.com) e vários cursos na área. O primeiro posto que sugiro é sobre sites que vendam fotografias, pois conheço vários”

Penso que a escolha pelo segundo email seria bastante óbvia, pois fiquei a saber várias informações. O site para que escreve, que tem vários cursos e o mais importante, sugeriu-me um tipo de artigo, dando-me rapidamente ideia do que é capaz de fazer.

3. Não se mostre demasiado superior ou inferior

Se reparar com atenção, no segundo email, a pessoa que enviou mostrou-se bastante simples, conseguindo expor o que pretendia ser ter uma atitude arrogante. Já o primeiro, além de me dar pouca informação, acabou por colocar-se em “pé de igualdade”, afirmando que os dois tinham muito a ganhar com a parceria, quando na verdade nem sabia quais eram as minhas intenções.

4. Vá confiante

É verdade que poderá enviando um email para uma celebridade na internet, com milhares de subscritores e fãs no Facebook. Mas isso não deve fazer com que você se sinta menos confiante, bem pelo contrário. Lembre-se que as pessoas de sucesso começaram onde você está. Todos os grandes blogueiros começaram com o seu primeiro artigo e normalmente são pessoas com humildade suficiente para falarem com você abertamente.

5. Use o humor

Porque é que o email enviado deve ser aquele básico, onde dá a conhecer o seu trabalho e propõe a parceria? Se fizer rir a pessoa que está do outro lado, com certeza irá aumentar as suas possibilidade de ser aceite. Mas tenha cuidado: uma piada mal feita pode arruinar completamente com o seu email.

6. Estude um pouco do outro blog

Antes de enviar o email, é importante que estudo um pouco do que fala o outro blog. Não vale a pena escrever apenas porque ele tem muitos seguidores ou o blog recebe muitas visitas. É importante fazer guest-posts em blogues conceituados, sem dúvida, mas também convém que vá de encontro àquilo que o publico deste site quer. É preciso saber um pouco da cultura do blog, a forma como escrevem ou até mesmo o tipo de texto que adotam. Se preferem reportagens, textos criativos ou entrevistas.

7. Fale de um artigo do blog que mais gosta

Outra das formas de criar mais alguma ligação com o autor do blog é falar sobre um artigo que tenha gostado mais. Isso irá passar uma imagem de que você acompanha o site. Mas não diga apenas que gosta por gostar.

“Luciano, gostei muito do seu artigo sobre ideias de negócio

Isto serve para o comentário num blog, mas para alguém que está querendo ganhar alguma aproximação de pouco vale! Seja mais específico, explique como isso mudou a sua vida e do que mais gostou.

blog

8. Faça uma introdução, mas sem exageros

É perfeitamente normal que se queira apresentar e tal como mostrei anteriormente, deve fazê-lo. Mas não exagere demasiado na sua apresentação, pois caso contrário poderá tornar-se chato para o blogueiro. Um primeiro contato não significa enviar o Curriculum Vitae!

9. Mostre alguns artigos seus

Sei que você tem um blog e que estão lá os seus textos. Mas seja um pouco mais original e, juntamente com o email de apresentação, dê a conhecer alguns dos seus melhores artigos. Outra das coisas que pode fazer é enviar os artigos que estejam o mais próximo possível dos temas explorados por esse blog.

10. Mostre guest-posts publicados em outros blogs

Para quebrar um pouco aquela barreira inicial do receio que o outro blogueiro possa ter, poderá enviar guest-posts que tenha escrito em outros blogs. Essa é uma forma de dar ainda mais segurança à sua proposta, pois retira o medo que o autor do blog possa ter de que você escrever conteúdos de qualidade apenas para o seu blog.

11. Explique os benefícios

Não adiante dizer que vai ser bom para os dois. É necessário que diga ao blogger o que ele pode ganhar com essa sua nova parceria. Voltando ao caso da fotografia, em vez de a pessoa dizer que tem experiência na área, ganharia muito mais se me tivesse dito que pretende fazer tutoriais para principiantes ou ensinar a escolher as máquinas para comprarem. Com isso, ficaria a saber exatamente o que poderia ganhar.

12. Seja corajoso

Quando comecei a perguntar aos autores de outros blogs se estavam interessados que escrevesse artigos para lá, tive sempre aquele receio inicial de ser rejeitado, pois o meu site ainda estava no início e era pouco conhecido no mundo da internet. Contudo, comecei a pensar para mim o seguinte: “Se levar um não, o que tenho a perder?”. Isto me ajudou a chegar a uma conclusão que, se ouvisse o “não”, o máximo que poderia acontecer era ficar na mesma e sem poder escrever artigos. No fundo, não estava a perder nada.

13. Escreva em HTML

Existem alguns blogueiros que deixam inserir links para o nosso blog enquanto outros preferem que não o faça. Tudo depende da opção editorial de cada um, mas em qualquer destas situações envie o texto em HTML. Isso facilita os links (caso existem) ou a formatação das palavras. O objetivo é mesmo dar o menor número de trabalho possível ao outro blogueiro, de modo a que ele continue satisfeito com o nosso trabalho.

14. Não falhe!

Sei que isso nem sempre é possível. Há semanas que andamos a correr e que as horas parecem passar em minutos. Mas tente ser o mais organizado possível para não falhar com os seus guest-post. Por duas razões:

  • O editor do blog ficará descontente com a sua performance
  • Ter um dia fixo para escrever faz com que os leitores dessa página estejam à espera do seu texto nesse dia. Não os decepcione.

Como costuma fazer na hora de pedir guest-posts?

Mais do que pedir para escrever um artigo em outro blog, é importante que saiba uma forma correta de o pedir. É que depois de ouvir um “não”, com certeza não terá mais oportunidades com esse autor. Por isso, mostre-se o mais profissional no primeiro pedido e tente conseguir um “sim” logo nos primeiros contatos.

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE AGORA
O Ebook que vai ensinar você a colocar um chat do Facebook no seu site em apenas 10 minutos

close-link