Marketing Digital 05/10/2012

8 Formas de fazer o seu cliente pagar mais rápido

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Há pouco tempo, fiz uma enquete no Facebook da Escola Freelancer no qual perguntei aos profissionais quais eram os seus maiores problemas com os clientes. Apesar de grande parte ter dito que encontrar clientes era a sua maior dificuldade, já exploramos esse tema neste e neste artigo. Portanto, hoje vamos focar-nos noutra grande dificuldades que os freelas revelaram ter: conseguir ser pago pelos clientes. De fato, este pode tornar-se um problema, principalmente porque a nossa manutenção financeira depende em grande parte das vezes da velocidade de pagamento por partes dos clientes. Deixar pagamentos de serviços por receber pode ser um grande problema.

Em primeiro lugar, porque sem dinheiro você não pode pagar as suas despesas pessoais, como a conta do cartão de crédito ou a prestação da casa ao banco. E como todos nós sabemos, atrasar estes pagamentos traz juros enormes. Outro ponto negativo é que a nossa organização financeira fica uma autêntica confusão. Fica mais difícil sabermos de onde vem o dinheiro, o que devemos poupar ou como estão as nossas poupanças este mês. Já demos exemplos de como manter a sua organização financeira através de uma entrevista com o Conrado Navarro, podendo ouvir o podcast clicando aqui. Mas para que resolva alguns dos seus problemas, vamos partilhar consigo algumas dicas que podem diminuir a sua taxa de problemas com clientes. É claro que não vão resolvem todos os problemas, mas certamente irão ajudá-lo no seu dia-a-dia a ser mais eficiente nesta área.

INDIQUE UMA DATA PARA RECEBER

Definir que irá ser pago um determinado valor no final do projeto é um passo importante, mas pode ser extremamente limitador. Isto porque você define o “final do projeto” e não uma data em concreta. E isso pode ser prejudicial para ambas as partes. Do seu lado, acaba por não criar a obrigação de concluir o projeto naquele dia exato, levando-o muitas vezes a perder mais tempo do que o que seria necessário. Por outro lado, afirmar de um dia para o outro que o projeto está concluído e que você precisa de receber o pagamento, pode deixar o cliente sem reação. E se ele não tiver dinheiro disponível nessa data? Portanto, o melhor é mesmo escolher uma data para receber, dando também tempo ao cliente para juntar o dinheiro necessário para o pagamento.

ESCOLHA A FORMA DE PAGAMENTO

Por vezes, a forma de pagamento acaba por ser um entrave para o negócio ser concluído. Ainda no outro dia, o pagamento de um cliente ficou atrasado porque eu não poderia receber por boleto bancário e ele dizia que apenas poderia pagar dessa forma. Foram dois dias que foram a mais do que o previsto, além de ter perdido tempo trocando emails por causa da situação. Se tivesse, desde o início, definido que apenas poderia receber pelo método de pagamento “X”, talvez tudo tivesse sido mais fácil. Portanto, fica a dica: quando fecharem o acordo do projeto, definam também a forma de pagamento.

NÃO ESPERE PARA ENVIAR AS NOTAS FISCAIS 

Além de sermos produtivos no nosso trabalho normal, também é importante conseguirmos ser produtivos nas tarefas mais chatas, como é o caso da contabilidade do seu negócio. Portanto, também é determinante que a nota fiscal seja rapidamente entregue. Evite aqueles emails de clientes pedindo faturas atrasadas. Mal o projeto esteja finalizado, passe a nota fiscal. É menos uma coisa que ficará na sua cabeça.

Como o freelancer consegue fechar contratos com o cliente

OFEREÇA INCENTIVOS AOS SEUS CLIENTES HABITUAIS

Uma das formas para conseguir que os clientes paguem mais rapidamente é oferecer algum desconto a quem pagar a totalidade do projeto logo ao início. Eu sei que poderá perder algum dinheiro logo à partida, mas veja algumas vantagens:

  • O cliente tem um desconto, o que funciona como um incentivo para que ele contrate os seus serviços num projeto futuro.
  • Dá mais confiança ao cliente e faz com que ele se sinta especial.
  • O freela será sempre bem sucedido financeiramente, não correndo o risco de terminar o projeto e não receber o pagamento.
  • Perde menos tempo em cobranças.

Apesar de ter evidenciado todas estas vantagens, é importante que apenas tome esta opção nos seus clientes habituais. Isto porque se você receber antecipadamente de um cliente desconhecido, pode ter sempre o risco de ele cancelar o projeto a meio e pedir o dinheiro de volta ou de ser demasiado inconveniente e alterar completamente a estrutura do projeto a meio.

DÊ PREFERÊNCIA AO TELEFONE

O email é uma excelente forma de contato entre o freelancer e o cliente. No entanto, ele não é a forma mais eficaz de conseguir cobranças e pagamentos. Para isso, utilize o celular ou o telefone. O contato mais próximo aumenta consideravelmente as suas chances de ser bem sucedido.

UTILIZE O PAYPAL

No Brasil a utilização do Paypal ainda não é muito procurada por não ter acesso a boleto bancário. Contudo, não podemos esquecer que este site pode ser de grande utilidade pelo fato de aceitar pagamentos por cartão de crédito. Considere utilizar uma opção de pagamento por paypal no seu portfólio, por exemplo.

SEJA CLARO

Ser direto com o seu cliente é uma excelente ajuda. Se você está insatisfeito com algo, mesmo que isso esteja relacionado com atrasos nos pagamentos, seja direto. Não tenha medo de dizer para ele o que pensa ou se considera que ele está sendo pouco profissional consigo. O ser claro não serve apenas para pagamentos. Também deve ser relativo a datas ou a formas de pagamento. Perca o medo de ser rejeitado ou de que ele não queria fazer negócio com você por causa de limitações que você impõe.

TOME AS ÚLTIMAS CONSEQUÊNCIAS

Este é o último ponto de todos os conselhos que posso transmitir e deve ser também a sua última opção. Tomar as suas ultimas consequências significa que você tem duas opções. Em primeiro lugar e a mais fácil é cobrar juros. Se por um lado isto pode levar o cliente a sentir-se um pouco mais pressionado quanto aos pagamentos, por outro, poderá piorar ainda a situação. Ao ver a sua dívida acumular, o cliente pode sentir ainda mais dificuldades em pagar e assim “fugir” ainda mais desse pagamento. No entanto, se quiser cobrar juros aconselho a fazer um contrato. Veja os passos necessários:

  • Faça um resumo escrito com os termos do acordo, não esquecendo do pormenores dos juros. Antes de enviar o contrato, confirme todos os pontos por email com o seu cliente. Não se esqueça das questão dos juros.
  • Encontre modelos on-line de contratos. (Logo abaixo daremos um exemplo. Caso pretenda utilizar, sinta-se livre para fazê-lo).
  • Considere todas as situações hipotéticas como cumprimentos, atraso ou doença.
  • Envie dois exemplares para o seu cliente. Devem ser ambas assinadas e uma delas deve ser enviada novamente para si. Nesta parte, não se esqueça de deixar um espaço para a data.

Para que não existam dúvidas, no final do artigo vamos deixar um pequeno exemplar que aconselhamos que utilize, retirado do site ehow e no qual você deve apenas acrescentar a questão dos juros. Enquanto você não receber a cópia com a assinatura do cliente, não comece o seu projeto.

Mas quando o contrato não for cumprido, chegou o momento de você falar com o seu advogado e pedir que ele resolva a questão de uma forma legal. Como é óbvio, se você tiver o contrato tudo será mais fácil.

Como fechar o contrato com um cliente

CONCLUSÃO

Cobrar o valor  do cliente é, por norma, uma tarefa fácil. No entanto, cabe a nós enquanto profissionais tomar medidas que impeçam que casos mais graves aconteçam. Enquanto freela, é determinante que não tenha problemas deste gênero. Eles atrasam os seus trabalhos e impedem que consiga concentrar-se nos seus próximos projetos. Com todas estas dicas, possivelmente irá reduzir em muito as suas chances de ter problemas. No entanto, aconselho que apenas utilize este último passo quando os valores forem mais elevados. Caso contrário, acaba por não compensar o dinheiro que é gasto com o advogado. Como combinado, fica abaixo o nosso exemplo de contrato, podendo cada ponto ser alterado conforme as suas necessidades:

CONTRATANTE: (Nome do Contratante), com sede em (……………….), na Rua (……………………………………..), nº (…..), bairro (…………..), Cep nº (……………..), no Estado (…..), inscrito no C.N.P.J. sob o nº (……….), e no Cadastro Estadual sob o nº (……), neste ato representado pelo seu diretor (………………), (Nacionalidade), (Estado Civil), (Profissão), Carteira de Identidade nº (………………), e C.P.F. nº (………………….), residente e domiciliado na Rua (………………………………………), nº (….), bairro (…………….), Cep nº (……………….), Cidade (…………….), no Estado (….);

CONTRATADO: (Nome do Contratado), (Nacionalidade), (Estado Civil), (Profissão), Carteira de Identidade nº (………………), C.P.F. nº (…………………..), residente e domiciliado na Rua (…………………………………………..), nº (….), bairro (…………….), Cep nº (……………..), Cidade (…………….), no Estado (…..).

As partes acima identificadas têm, entre si, justo e acertado o presente Contrato de Prestação de Serviços Técnicos de Profissional Autônomo, que se regerá pelas cláusulas seguintes e pelas condições de preço, forma e termo de pagamento descritas no presente.

DO OBJETO DO CONTRATO

Cláusula 1ª. É objeto do presente contrato, prestado ao CONTRATANTE, a prestação de serviços técnicos de natureza (…………….).

DAS OBRIGAÇÕES DO CONTRATADO

Cláusula 2ª. Fica responsável o CONTRATADO por todos os serviços que lhe forem apontados, durante a carga horária contratada, qual seja, de (….) horas diárias.

Cláusula 3ª. O CONTRATADO deverá seguir as normas estabelecidas pela CONTRATANTE, como horário de funcionamento da mesma, quanto à utilização de equipamentos, etc.

DAS OBRIGAÇÕES DO CONTRATANTE

Cláusula 4ª. A CONTRATANTE se responsabiliza pelo bom funcionamento de equipamentos de apoio ao serviço, como também pela estrutura física de todo o ambiente de trabalho, qual seja, a sede da própria empresa.

Parágrafo único. A CONTRATANTE colocará à disposição do CONTRATADO sua estrutura física, técnica e pessoal, para que este realize os serviços neste instrumento contratado.

DO PAGAMENTO

Cláusula 5ª. Pela prestação dos serviços acertados neste instrumento, a CONTRATANTE pagará à CONTRATADA a quantia mensal de R$ (…..) (Valor expresso), todo dia (……) de cada mês.

Parágrafo único. O não pagamento da quantia acertada na data estabelecida neste instrumento provocará a imediata interrupção da prestação dos serviços.

DA RESCISÃO DO CONTRATO

Cláusula 6ª. O presente instrumento poderá ser rescindido caso qualquer uma das partes descumpra o disposto neste contrato.

Parágrafo primeiro. Caso a CONTRATANTE dê motivo à rescisão do contrato, será obrigada a pagar ao CONTRATADO por inteiro a retribuição vencida, e por metade a que lhe tocaria de então ao termo legal do contrato.

Parágrafo segundo. Caso o CONTRATADO dê motivo à rescisão do contrato, terá direito à retribuição vencida, mas responderá por perdas e danos.

Cláusula 7ª. Na hipótese de o CONTRATADO pedir a rescisão do contrato sem que a outra parte tenha dado motivo, terá direito à retribuição vencida, mas responderá por perdas e danos.

Cláusula 8ª. Na hipótese de a CONTRATANTE pedir a rescisão do contrato sem que a outra parte tenha dado motivo, será obrigada a pagar ao CONTRATADO por inteiro a retribuição vencida, e por metade a que lhe tocaria de então ao termo legal do contrato.

DO PRAZO

Cláusula 9ª. O presente instrumento terá prazo de (…..), passando a valer a partir da assinatura pelas partes.

CONDIÇÕES GERAIS

Cláusula 10ª. O CONTRATADO não possuirá horário fixo de entrada e saída na empresa, uma vez que não existirá vínculo empregatício.

Cláusula 11ª. É livre ao CONTRATADO prestar serviço a outras pessoas, fora do âmbito deste contrato.

DO FORO

Cláusula 12ª. Para dirimir quaisquer controvérsias oriundas do CONTRATO, as partes elegem o foro da comarca de (…………….);

Por estarem assim justos e contratados, firmam o presente instrumento, em duas vias de igual teor, juntamente com 2 (duas) testemunhas.

(Local, data e ano).

(Nome e assinatura do Representante legal do Contratante)

(Nome e assinatura do Contratado)

(Nome, RG e assinatura da Testemunha 1)

(Nome, RG e assinatura da Testemunha 2)

Abraço e bom trabalho!

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.