Facebook para iniciantes 22/05/2020

Facebook Shops – a nova maneira de vender online nas redes sociais!

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Em uma live reportada pelo blog do Later, Mark Zuckerberg anunciou uma mudança que pode se provar gigantesco para quem vende online: o Facebook Shops!

Apesar de você poder criar uma loja em sua Fan Page e até mesmo usar o Instagram Shopping, até hoje o Facebook se utilizou de integrações com plataformas de ecommerce como o Shopify para possibilitar aos pequenos negócios vender pelas redes sociais.

O anúncio do Facebook Shops deu a entender que esses dias estão chegando a um fim. A plataforma criada para ajudar pequenos negócios durante a pandemia do coronavírus parece que irá permitir criar toda a estrutura de uma loja online – inclusive processamento de pagamentos – em apenas um lugar, sem integrações de suporte.

Além disso, o dono do grupo Facebook anunciou que em um futuro próximo, a plataforma permitirá que faça suas vendas pelo direct do Instagram, WhatsApp e também pelo Facebook Messenger. Será possível etiquetar e vender produtos até mesmo em transmissões ao vivo!

A seguir, confira tudo o que foi revelado sobre o Facebook Shops e a previsão de quando a ferramenta ficará disponível.

O que é o Facebook Shops?

A quarentena imposta pela pandemia obrigou empreendedores que nunca tiveram presença online a criar uma. Até mesmo negócios que tinham presença online, mas não o tinham como foco se viram obrigados a aumentar sua presença digital.

O Facebook não ficou alheio a isso. O próprio Zuckerberg declarou que, para muitas pequenas empresas, a presença online é o que está fazendo a diferença entre se manter na ativa ou fechar as portas definitivamente.

Ele também mencionou que a vasta maioria de anunciantes no Facebook são de pequenos negócios, o que também corresponde à grande parte do faturamento da rede social com os anúncios.

Antes mesmo do anúncio do Facebook Shops, o Facebook já havia anunciado diversos programas de ajuda aos pequenos negócios. Até mesmo um adesivo de suporte às pequenas empresas para Instagram Stories permite que usuários divulguem suas marcas favoritas.

apoie pequenas empresas

Mas o que é de fato o Facebook Shops?

É uma nova seção que pode ser inclusa à Fan Page do Facebook ou ao seu perfil do Instagram. Nele, você poderá incluir os produtos de sua loja online e vendê-los diretamente na plataforma.

Seus seguidores no Instagram ou fãs da página poderão navegar por essa guia, observando seu catálogo, salvá-lo em listas de compras, compartilhar os produtos e até fazer a compra. Tudo isso sem sair do Facebook ou Instagram.

Veja como a nova seção do aplicativo se parecerá:

facebook-shops

Vale mencionar que o Facebook Shops serão grátis. Você não precisará pagar para colocar uma loja no Face ou no Insta. Além disso, sua loja será integrada em todos os perfis.

Ou seja, no momento que criar sua loja no Facebook, ela automaticamente aparecerá na sua biografia do Instagram caso as contas estejam conectadas. Você também poderá direcionar seus seguidores para a loja a partir dos Stories ou dos anúncios patrocinados.

O que você poderá fazer na plataforma?

Na transmissão, revelaram que além de grátis e fácil de usar, a plataforma poderá ser personalizada de diversas maneiras. Será possível destacar alguns dos produtos de seus catálogos, o que é ideal ao realizar promoções. Também poderá colocar imagens de destaque e acentuar as cores da sua marca.

Ou seja, apesar de estar armazenada no Facebook, sua loja pode não ficar parecendo apenas mais uma página do Face. Parcerias com Shopify, BigCommerce, Woo e diversas outras plataformas de ecommerce também foram anunciadas e será possível gerenciar sua loja virtual no Facebook e os anúncios patrocinados a partir de aplicativos externos.

Mark Zuckerberg também mencionou que inteligência artificial e realidade aumentada também são tecnologias que poderão ser usadas para ajudar na personalização das lojas. A IA será usada para detectar automaticamente o perfil do visitante e mostrar ofertas de destaque com maior probabilidade de atraí-lo.

Com a realidade aumentada, a intenção é que o visitante tenha a chance de provar virtualmente os produtos da sua loja virtual. Móveis, roupas, acessórios são algumas categorias de produtos que devem ser possíveis de testar com a tecnologia no futuro.

Como já mencionei, um dos primeiros planos após o lançamento do Facebook Shops é possibilitar que um usuário do WhatsApp, Instagram Direct e Facebook Messenger possam ver uma loja, ser atendido e comprar seus produtos sem sair desses aplicativos de conversa, como mostrado no print abaixo.

facebook-shops-messenger

Outra funcionalidade interessante que pode chegar ao Facebook Shops é a possibilidade de participar em programas de lealdade, como esses que oferecem cashbacks ou pontos que podem ser trocados por brindes. Esses pontos ficariam vinculados ao seu perfil no Facebook, podendo ser usados em qualquer momento.

Quanto vai custar e quando o Facebook Shops estará disponível?

Ainda não ficou claro como o próprio Facebook irá monetizar na plataforma. Porém, uma entrevista do vice-presidente de anúncios da companhia Dan Levy revelou ao TechCrunch que existem planos de cobrar “pequenas taxas” na venda dos produtos. Não foi revelado de quanto seria essa taxa e como ela seria cobrada.

Por ora, a plataforma está disponível apenas nos Estados Unidos. A expectativa é que outros países recebam a plataforma nas próximas semanas e meses.

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.