Marketing Digital 16/05/2014

4 erros comuns dos empreendedores: qual destes você comete?

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Todos nós cometemos erros ao longo do nosso percurso enquanto empreendedores/freelancers. Isso faz parte do aprendizado e acredito que os erros são uma das formas mais eficazes de se evoluir enquanto profissional.

Neste artigo, trago para você um pequeno resumo do vídeo disponibilizado pelo meu amigo Marcos Rezende, do site Insistimento, no qual ele fala sobre os quatro principais erros dos empreendedores.

Se você quiser saber a minha opinião sobre os quatro erros mais comuns e como solucioná-los, fique comigo durante as próximas linhas.

1. Informalidade

A informalidade é um dos principais erros que os freelancers cometem. Já falei sobre isso neste e neste artigo e se você ainda não formalizou o seu negócio de freela, aconselho que faça isso o quanto antes. Nesta entrevista que fizemos ao Lourival Melo, ele alertou sobre as principais consequência de informalidade e explicou aquilo que você necessita fazer para contornar essa situação.

Se você ainda está trabalhando na informalidade, este é um vídeo obrigatório.

2. Pensamento de curto prazo

Eu “sofri” deste mal durante muito tempo e ele acabou por condicionar (e muito) todo o meu percurso profissional. Antigamente, para mim cada cliente era um cliente e qualquer trabalho servia, por mais mal pago que ele fosse.

Enquanto profissional freelancer, a sua visão deve ser SEMPRE de longo prazo. Pense:

  • Onde você quer estar daqui a cinco ou dez anos?
  • Como trabalham atualmente os principais profissionais da sua área e o que você necessita para trabalhar como eles?
  • Que tipo de clientes você quer receber no futuro? Quer trabalhar com a Nike e quer continuar a trabalhar com a empresa de cinco pessoas que está na sua rua? Nada contra empresas de cinco pessoas, mas se a sua meta for trabalhar com grandes empresas…
  • Quanto você quer faturar por mês nos próximos anos?

E por aí vai.

Ter uma visão que vai um pouco além do “hoje” ou do “amanhã” vai impulsionar o seu negócio de freelancer. Como disse Les Brown: “Mire na lua. Mesmo que você erre cairá entre as estrelas”.

3. Falta de visão de mercado

Antes de avançarmos para este ponto, deixa eu perguntar uma coisa para você:

Você já começou projetos que tiveram poucos ou nenhuns clientes?

Acredito que para muitos de vocês a resposta tenha sido sim. Não se preocupe, você não é o único…

Segundo vários estudos, a razão número 1 para que muitas empresas fecham é pela inexistência de um mercado que compre os seus produtos. Ou seja: existe produto mas não existe mercado disponível para comprar esse produto. Isso acontece porque o criador desse projeto não teve visão de mercado para entender se existia, ou não, uma necessidade desse mesmo produto.

Mas vamos passar essa realidade para o mercado freelancer…

Imaginemos que você trabalha como fotógrafo freelancer. E você faz um trabalho de extrema qualidade e obviamente, também cobra caro por isso.

Porém, você está procurando por clientes em empresas pequenas e que não necessitam dos seus serviços. Nesse caso, você não está tendo visão de mercado, pois não está vendendo a quem realmente pode comprar os seus serviços. Neste caso, o seu produto até tem clientes, mas você não está procurando por eles no local certo.

Entendeu o motivo da visão de mercado ser tão importante?

Por melhor vendedor que você seja, tentar vender geladeiras no Pólo Norte jamais vai trazer grandes resultados…

Se você tem dificuldades em entender se o mercado tem ou não interesse no seu produto, aconselho que leia o livro The Lean Startup, do Éric Reis. Ele explica muito bem como você pode ter uma noção se uma ideia de negócio funciona ou não.

4. Dar um passo maior do que a perna

A ambição é algo positivo, desde que, seja utilizada de forma inteligente. Querer crescer de um dia para o outro não é uma decisão inteligente, pois isso pode deixar por terra todo o trabalho que o freelancer realizou até agora.

No momento que você pensar em crescer, tenha consciência que o sucesso não acontece de um dia para o outro. E se ele estiver acontecendo muito rápido, pare e tente entender se esse crescimento instantâneo não irá prejudicar o seu negócio no futuro.

Aqueles profissionais que cobram barato para conseguirem mais clientes são o melhor exemplo de uma tentativa de dar um passo maior do que a perna. Eles tentam crescer rapidamente no número de clientes e para isso baixam o preço, mas não entendem que isso é uma limitação futura muito grande para o seu negócio.

Conclusão

Se você gostou desse tema, tenho a certeza que você vai adorar este vídeo do Marcos Resende. Ele explica de forma bem explícita todos estes pontos.

Agora só me resta deixar uma pergunta para você: Já cometeu algum destes erros? Se sim, quais?

Abraço,

Luciano Larrossa

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.


BAIXE AGORA
O Ebook que vai ensinar você a criar imagens poderosas para anúncios pagos nas redes sociais!

close-link