Marketing Digital 13/01/2011

10 desculpas habituais para não fazer carreira como Freelancer (Parte I)

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Eu desde muito novo, sempre ouvi o mesmo dos meus pais: “uma desculpa será sempre uma desculpa”. Infelizmente é essa sempre nessa palavra que a maioria as pessoas se baseia para não iniciarem o seu trabalho como freelancer. Os motivos são vários e normalmente mais parecem medo de arriscar do que outra coisa. As pessoas gostam de se manter no seu casulo, dizendo que têm ideias fantásticas e que se as tivessem colocado em prática hoje estariam milionários.

A única coisa que posso dizer desse género de atitudes é que de boas ideias o mundo está cheio. “Ah eu já tinha pensado numa rede social como o Facebook antes do Mark Zuckerberg ter o negócio dele”. E daí? Quem agora é o bilionário mais jovem do mundo é ele e não você. Portante deixe-se de ideias e comece de uma vez a fazer o seu trabalho. É impressionante a capacidade que nós, humanos, temos para fugir do que realmente pode ser fantástico para o nosso futuro.

Voltando ao tema das desculpas, elas são várias e no artigo de hoje vou-lhe dar as 10 desculpas habituais que as pessoas costumam utilizar para não iniciarem o seu próprio negócio. Mas não vou me ficar apenas por aqui. Por baixo de cada “problema” vou lhe dar uma solução, para que comece já hoje a iniciar o seu trabalho como freelancer.

Desculpa número 1: Não tenho tempo

Esta é a que maior confusão me faz e também a mais utilizada. Quando me dão esta resposta digo logo para me definirem como é o seu dia-a-dia habitual. Normalmente começam a resposta com um dia de trabalho das nove as cinco, seguida de uma conversa com uns amigos num café, a desculpa dos filhos pelo meio e terminam com um deitar às dez da noite. Ora, quem me responde assim não quer começar o seu negócio como freelancer. Como escrevi em outros artigos, é importante definir as suas prioridades e saber aquilo que realmente quer.

Não tenho nada contra alguém que queira ter o estilo de vida que referi acima. É o que faz grande parte das pessoas que conheço. Contudo, não me venham com a conversa de que querem ter o seu próprio negócio quando não demonstram que ele é uma prioridade. Saber o que quer da sua vida é determinante e se realmente quer iniciar-se como freelancer, o tempo não é uma desculpa!

Solução

Comece o seu negócio a part-time. Se trabalhar das nove às cinco, aproveite mais três horas do seu dia para investir na sua paixão. Vai ver que faz aquilo com tanto gosto que nem dará pelo tempo passar. Deixe de ver um jogo de futebol ou de assistir a novelas, se é seu desejo iniciar-se neste fabuloso mundo. Ainda na segunda-feira, depois do excelente lançamento da Escola Freelancer, estive respondendo a comentários até às duas e meia da manhã, sabendo que no dia seguinte ia acordar às oito e meia. É óbvio que não vou fazer isto todos os dias pois não é saudável. Mas foi a minha paixão que falou mais alto, o que acabou por me retirar completamente o sono.

Desculpa número 2: Não tenho dinheiro

Ora aí está outra desculpa habitual. “Até gostava de investir neste negócio mas infelizmente recebo pouco e não tenho como investir”. É sempre bom dar um ar de que queria mais mas não tem dinheiro para isso. Bem, a meu ver isso não passa de mais uma tentativa de fugir daquilo que realmente pode fazer. Acredite em si e nas suas capacidades. Não acredito que gaste todo o dinheiro do seu salário. Talvez basta poupar 10 a 15% do que ganha por mês, durante possivelmente um ano. Ou talvez não seja preciso mesmo nada. Basta um blog e muito estudo!

Solução

Comece a pensar em iniciar o seu negócio dentro de um ano. Comece agora a poupar 10 % do seu salário e faça as contas de quanto terá daqui a um ano. Deixe sempre essa quantia e só mexa nela em caso de vida ou de morte. Se necessita de comprar algum equipamento para iniciar o seu negócio, lembre-se de poupar sempre mais 10% do que o custo real deles. Por duas razões: surgem imprevistos ou o preço do material pode aumentar. Se não consegue poupar essa quantia, opte por um blog na internet e conforme vai ganhando algum dinheiro vai investindo no seu negócio.

Desculpa número 3: E se eu falhar?

Quem diz isto é porque realmente não acredita nas suas capacidades. Começar um negócio a pensar como irá sair dele não é a melhor das opções. Sempre acreditei que falhar não faz parte da nossa evolução. Falhar é aprender como não fazer, não de como deve realmente fazer. Todos os grandes investidores já tiveram as suas pequenas derrotas. Ninguém pode vencer sempre. O mais importante é saber levantar a sua cabeça e continuar em frente, se realmente acredita no seu negócio. Portanto, comece pelo início: acredite em si e nas suas capacidades e vá em frente.

Solução

Não vale a pena pensar no seu insucesso. Comece o seu negócio não hoje, nem amanhã, mas agora! Agarre numa folha de papel e faça a lista do que precisa para iniciar. De que material vou precisar no início? Que custos vou ter? Como vou me diferenciar no mercado? Responda a estas perguntas e comece já a montar o seu negócio. O que custa é mesmo começar. Passe para a ação o quanto antes.

Desculpa número 4: Nunca trabalhei nessa área

Não ter conhecimentos suficientes sobre uma determinada área não é motivo para não iniciar o seu negócio. Se gostava de trabalhar através da internet e tem um sonho de criar um blog por exemplo, mas na verdade nunca começou nenhum, é perfeitamente normal que não se sinta tão à vontade como alguém que já trabalha neste mundo há vários anos. Isso é perfeitamente normal! Portanto essa desculpa não tem razão de ser. Não trabalhar numa determinada área por vezes pode ser até um vantagem para si, pois está mais aberto a adquirir novos conhecimentos, comparativamente a alguém que já conheça grande parte do mercado.

Solução

O mais importante é começar. Portanto se quiser criar um blog na internet é determinante que hoje mesmo escolha o seu domínio e comece já a produzir os seus conteúdos. Não se preocupe se não percebe muito de wordpress, CEO ou programas de afiliados. Ao iniciar o seu site já hoje, aumentará a sua curiosidade sobre estes temas e mais rapidamente irá aprender. Com o tempo começa a ficar por dentro de todas as novidades, a dominar as ferramentas mais complicadas e quando der por si será um blogueiro de sucesso!

Desculpa número 5: Não é o momento certo

Para esta desculpa tenho uma resposta bastante interessante: nunca é o momento certo para nada. Por mais que você planeie, por mais que tente organizar a sua vida ou ter sempre sucesso com o seu sucesso, a verdade é que irão sempre surgir contratempos. E como freelancer isso será uma coisa que facilmente irá aprender. Os problemas estão sempre a surgir e ter o seu próprio negócio é uma luta constante. Devido a isto, nunca existe o momento certo para fazer nada. Faz-se e pronto. Faça e depois avalie os resultados.

Solução

Não espere por amanhã para poder iniciar o seu negócio como freelancer. O importante é que comece a produzir e a ganhar espaço no mercado mal possa. Não pense numa data de lançamento para o seu negócio. A data é hoje, neste exacto momento. Analise o que é mais básico e o que pode começar a fazer. Quer começar a trabalhar num blog? Ótimo, compre um domínio e escreve já a seguir o seu primeiro artigo. O resto vem por acréscimo.

Está preparado para deixar as desculpas de lado?

Com o artigo de hoje espero ter falado das desculpas que neste momento devem andar a passear na sua cabeça para não iniciar o seu negócio como freelancer. Se se identificou em algumas destas desculpas, veja a solução que aconselhámos e comece a colocá-la em prático o quanto antes. As desculpas são adiadores do que é mais importante fazer.

Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje. Por falar em amanhã, não perca a segunda parte deste artigo que pretende acabar com todas as desculpas para não se tornar um freelancer. E o leitor o que acho do texto? Identificou-se com algum destes problemas? Como os resolveu? Deixe um comentário!

Abraço

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE GRÁTIS O EBOOK "PENSAMENTOS SOBRE MARKETING DIGITAL"
Este livro reúne 31 estratégias para você aplicar no seu negócio.

Pensamentos sobre marketing digital
close-link