Marketing Digital 18/04/2011

Como se prevenir e ter menos trabalho com clientes

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Ninguém gosta de perder demasiado tempo com os clientes, principalmente se o resultado final não compensar todo o trabalho. Por dois motivos: porque geram perca de tempo desnecessário e porque normalmente o resultado não é muito positivo. Funciona mais ou menos como uma doença. Ficar doente impede de fazer o que melhor sabemos e gera-nos menos produtividade e mais problemas. E tanto nas doenças como no seu trabalho como freelancer, nada melhor que a prevenção. É certo que dá mais trabalho ao início conseguir se prevenir, mas em poucas semanas tem o trabalho recompensado.

Você deve se estar a questionar neste momento: “Mas como posso eu prevenir-me de modo a ter menos trabalho com os meus clientes?”. A técnica é bastante simples. Elimine tudo o que sejam tarefas repetitivas. Ou seja, tanto no seu dia-a-dia como no seu trabalho com clientes, é importante fazer tudo o que é trabalho rotineiro logo à partida. Vou lhe dar um exemplo. Eu no jornal tenho que todas as semanas apresentar uma página com uma estrutura diferente. Numas a fotografia está antes do texto, no outro está ao lado e assim consecutivamente. Então, para todas as semanas não ter que estar a redesenhar a página, já criei cinco modelos pré-definidos, depois basta-me utilizar um por cada semana. Com isto, perco menos meia-hora por semana. Parece pouco, mas se eliminar todas as suas tarefas repetitivas, verá que o seu dia irá parecer mais comprido. Dá mais trabalho ao início, mas no final compensa.

Site: o seu maior problema

Ao trabalhar como freelancer, o seu site será com certeza o modo mais fácil de diminuir o seu volume de trabalho com clientes. É ali que se dá o primeiro contato. De nada adianta ter sites muito bonitos e coloridos se não levam cliente ao essencial, que é perceber realmente qual é o seu trabalho. Opte por algo mais simples e direto. Para isso, existem duas páginas essenciais: a descrição e o seu contato. Elas devem estar facilmente identificáveis aos olhos do clientes, para que mesmo aqueles que percebam pouco de sites, consigam identificar estes pontos.

Quando descrever a sua página, não se esqueça de referir várias coisas, entre as quais:

  • Todo o trabalho que fez anteriormente
  • Como se identifica como profissional
  • De que áreas mais é especialista
  • Quais são os seus objetivos no seu trabalho como freelancer (muitas vezes conhecido como “missão”)
  • O número de horas que se dedica à sua empresa

Uma boa descrição pode ser suficiente para conquistar um cliente. Principalmente a parte em que demonstra o trabalho que fez anteriormente. Isto porque as pessoas encontram muita informação na internet e por isso necessitam de selecionar bem naquilo que vão investir. Demonstrar que fez um bom trabalho anteriormente, faz com que o cliente se sinta mais confiante para apostar em si. Relativamente ao contato, ele deve ser bem simples.

FAQ

Muitos freelancers esquecem-se de este pormenor tão importante. As FAQ (Frequently Asked Questions), evitam que os seus clientes façam perguntas desnecessárias. Mas é claro que no início não saberá que questões irão lhe colocar. O que aconselho é que registe todas as perguntas que lhe fazem durante um ano. De seguida, veja quais foram as mais perguntadas e dedique uma página a isso. É claro que alguns “preguiçosos” nem irão às FAQ. Vão lhe perguntar diretamente por email. Contudo, se o que lhe foi pedido já está nas FAQ, encaminhe o seu cliente para lá. Educá-lo também é importante.

Encaminhe-o para as redes sociaisNCAMINHE-O PARA AS REDES SOCIAIS

Adora aquelas empresas que têm Facebook mas que não o divulgam no seu site. Muitos ainda têm algum problema em perceber o poder das redes sociais. Suponha que o cliente que visitou o seu site ficou com uma dúvida. Ele pode utilizar a sua página no Facebook para perguntar isso aos outros clientes. A interatividade que as redes sociais permitem é determinante para que possa poupar algum tempo com os clientes. Mas atenção: não coloque uma imagem minúscula no canto do site. Deixe bem visível para que não haja dúvidas que você tem uma conta no Facebook ou no Twitter. Outra coisa que deve destacar bem é a sua newsletter. No canto superior direito costuma funcionar bem.

Testemunhos

Conseguiu um bom trabalho com alguém? Ótimo! Peça-lhe uma opinião sobre o seu trabalho e coloque na primeira página do site. Isto poupa-lhe trabalho pois é uma demonstração que o que fez tem qualidade, evitando que surjam algumas dúvidas na cabeça de quem está a ver o seu site. Além disso, passa confiança para quem está a conhece-lo pela primeira vez. Outra boa opção é colocar alguns artigos de outros sites ou jornais que tenham falado sobre si, numa página à parte.

Preços

Aconselho vivamente que coloque quanto cobra à hora. Você poderá me dizer que, ao fazer isso, irá afastar alguns clientes. Bem, na verdade só estará a afastar aqueles que financeiramente não interessam. Se você quer cobrar cinco euros à hora, não desça seus preços. Tenha uma tabela e baseie-se nela. Evitar clientes que não podem investir também é uma forma de evitar que tenha trabalho desnecessário. Mas no final, para não afastar demasiados possíveis projetos, faça uma pequena descrição do seu trabalho e, se cobrar muito alto, diga no texto em baixo porquê e quais as vantagens de trabalhar consigo.

Reserve uma hora do dia para eles

Os clientes são importantes, mas o que você produz também é. Se quiser perder menos tempo com os clientes, não fique toda a hora em contato com eles. Crie um auto responder e avise-lhes que só responde aos emails a determina hora do dia. Em caso de urgência, que lhe liguem. Isto porque a constante interrupção pode prejudicar a sua produtividade. Trabalhe sete horas nos seus projetos e dedique-se uma hora a eles. Até porque impede erros, evitando que passe de um trabalho mais criativo (o projeto) para uma tarefa mais metódica (o email).

Pondere ler: Aprenda a dividir o seu dia em blocos de tempo

Quando deve começar a pensar em ter menos trabalho com os clientes?

A resposta a esta questão irá sempre depender do volume de trabalho que tiver. Se estiver no início, é óbvio que o tempo que perde com clientes não será muito grande. Contudo, comece já a planear a sua prevenção. Logo desde o primeiro dia, tente ter um site simples, bem estruturado e comece já a apontar as FAQ para que mais tarde possa introduzi-las no site. Crie um documento do Word que estará no seu ambiente de trabalho durante um ano. É simples! Se já estiver no mercado há muito tempo, é importante que pare já de perder tempo desnecessário. Altera já o seu site ou acrescente as páginas necessárias. Além de perder menos tempo, dá um ar mais profissional ao seu trabalho.

Ter uma atitude preventiva pode reeducar os clientes que já tem mas também começar da melhor forma o relacionamento com os novos que possam surgir. A história de que o cliente tem que ser especial é mentira. O cliente tem que tem é que se sentir especial. Para isso, não pode perder tempo com coisas desnecessárias, como emails com perguntas sem razão de ser. E o leitor, tem perdido menos tempo com os seus clientes? O que tem feito para que isso não acontecesse?

Abraço

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE GRÁTIS O EBOOK "PENSAMENTOS SOBRE MARKETING DIGITAL"
Este livro reúne 31 estratégias para você aplicar no seu negócio.

Pensamentos sobre marketing digital
close-link