Produtividade 07/01/2013

Como organizar o trabalho de freelancer a tempo parcial

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

No livro Ser Freelancer, dou várias dicas do que o profissional deve fazer para iniciar a sua carreira de freelancer pois essa  tem sido uma dúvidas mais frequentes aqui no blog. Todas as semanas, recebo emails de leitores perguntando se devem começar o seu trabalho de freela a tempo parcial ou se por outro lado, devem arriscar tudo e iniciar a carreira logo a tempo inteiro. É uma questão bastante interessante, pois ela vai definir logo à partida os primeiros passos do futuro profissional independente. Se por um lado já explicamos como deve fazer para iniciar o seu trabalho a tempo inteiro (neste e neste artigo), também é verdade que temos pouco material relativamente ao trabalho a tempo parcial. Por esse motivo, resolvemos escrever este artigo onde pretendemos esclarecer todas as possíveis questões sobre este tema.

Em primeiro lugar, é importante o leitor ficar sabendo que a opção de trabalhar a part-time é, sem dúvida, a mais segura de todas. Ela dá-lhe tempo para fazer crescer o seu negócio, manter uma boa gestão financeira e ainda voltar ao seu trabalho a full time caso a sua experiência não dê certo. Falamos, também, sobre isso na entrevista com o Conrado Navarro e aconselhamos vivamente que escute o nosso podcast. Mas apesar de ser a mais segura, não significa que não exija alguns cuidados e é sobre isso que vamos falar neste post. Equilibrar o emprego com o freelancing não é de todo simples e exige uma ginástica muito forte a nível de organização de tempo e mental. Eu, durante dois anos, pratiquei esse “exercício” e posso assegurar que é bastante desgastante, principalmente a nível mental.

ANALISAR A AGENDA

Antes de iniciar o trabalho de freela a tempo parcial, é obrigatório uma análise à sua agenda. Verifique se por vezes tem tempos livres, como é que eles são ocupados e se esses mesmos podem ser substituídos por trabalho. Fazer freelancing a tempo parcial significa dormir menos horas, perder finais de semana ou mesmo ficar menos tempo com a sua família. Como é óbvio, os seus rendimentos mensais tendem a aumentar. Mas será que isso compensa? Será que esse mudança estão dentro dos objetivos para este ano? Se o tempo que você dá para a sua família já é pouco e já está naquela fase em que cuida primeiro do seu trabalho do que si mesmo, talvez o trabalho de freelancer a tempo parcial não seja uma boa hipótese. Acredite que quando essa nova fase começar, você terá ainda menos tempo para si e para as pessoas mais próximas.

Se por outro lado, você é uma pessoa que organiza o dia, que cuida primeiro de você antes do trabalho e que sabe priorizar as suas tarefas, já deu um dos passos mais importantes. Essas pessoas terão maiores chances de manter a produtividade mesmo tendo mais dez horas de trabalho por semana.

Dica: Se você ainda não consegue controlar o seu tempo com o trabalho normal, não faça freelancing a part-time. Organize o seu dia e ganhe disciplina pessoal primeiro.

Para quem segue para a próxima fase, torna-se determinante ter em mente os objetivos do seu trabalho de freela. Vejamos alguns assuntos que devem ser pensados:

  • Quanto pretende ganhar a mais por mês
  • Quantas horas vai trabalhar a mais durante a semana e final de semana
  • Em caso de tempo livre, qual será a sua prioridade?
  • Quanto tempo necessita para estudar sobre o seu trabalho de freelancer

Definir todas estas metas, à partida, é determinante. Só elas podem ajudá-lo a traçar um rumo e a evitar que passe horas desnecessárias na frente do seu computador. Sempre que estiver na dúvida, olhe para as respostas que deu a todas estas questões. Elas vão ajudá-lo a traçar uma linha orientadora.

dicas para fazer trabalho de freelancer a tempo parcial

TRABALHO NORMAL E FREELANCING NÃO DEVEM ESTAR MISTURADOS

Este é um ponto fulcral e que não deve ser dispensado: o seu trabalho a tempo parcial jamais (mas nunca mesmo) deve prejudicar o seu trabalho a tempo inteiro. Lembra-se do objetivo do seu trabalho de freelancer? Um deles é gerar mais “X’s” por mês e não terminar com a sua principal fonte de renda: o trabalho a full-time. Infelizmente, muitas pessoas acabam se esquecendo desse pormenor e ficam fazendo o trabalho de freelancer durante as horas de expediente. É importante você definir qual período do dia que vai ser dedicado ao trabalho de freela e produzir apenas nesses períodos. Mesmo que tenha alguns horários “mortos” no trabalho, dê um pouco mais de si e faça algo extra. Afinal de contas, é ótimo ter o trabalho de freelancer e ainda agradar o seu chefe o tempo todo.

Mas então, como fazer com a comunicação com o cliente? E se ele estiver enchendo o saco durante a hora normal de trabalho? Nesses casos, opte os horários de almoço ou as interrupções a meio da manhã para resolver esses problemas. Deixar o cliente esperando o dia todo pode ser péssimo, mas deixá-lo apenas uma hora aguardando pela sua resposta não é o fim do mundo. A isto eu dou o nome de definir prioridades e aproveitar o tempo ao limite.

Dica: Aproveite os intervalos para lanche ou para almoço para falar com os seus clientes. De resto, não misture um trabalho com o outro.

Falando ainda da definição do tempo para trabalhar em regime de freelancing, esse período deve ser equilibrado e jamais deixe de parte o mais importante: você. Muitas pessoas acabam colocando o trabalho de freela em primeiro lugar, deixando de parte a família, eles mesmos ou um dia para descansar. Compreendo que agora o tempo seja mais reduzido, mas jamais deixe de praticar exercício físico ou estar algum tempo com a sua família por causa disso, pois existem coisas que o dinheiro não compra. Ok, agora em vez de correr todos os dias talvez esteja correndo apenas três vezes por semana ou em vez de ficar todos os dias com a sua mulher depois do jantar, também só irá fazê-lo três vezes por semana. Isso é reduzir o fluxo das coisas mais importantes e não retirá-las da sua vida, mantendo um equilíbrio saudável.

TRABALHO A TEMPO PARCIAL É UM NEGÓCIO

Optar por um trabalho de freelancer a tempo parcial e não ganhar dinheiro é deitar parte da sua vida fora. Desde o primeiro dia, pense no seu trabalho como um negócio, como algo que tem hora para abrir e fechar, algo que precisa de trazer rendimentos e que necessita de ter lucro. Ou seja, se você está gastando duas horas por dia com ele, ele necessita de trazer algum retorno. Aí entram novamente os objetivos em ação: quanto você quer ganhar com o seu novo negócio por mês? A partir desse valor você já tem as suas bases.

Ao ter o objetivo financeiro definido, é também obrigatório que você faça uma gestão de clientes eficaz. Ou seja, que aceite apenas aqueles projetos que vão de encontro a essa sua meta. Se você pretende ganhar mais mil reais por mês, não poderá ficar aceitando orçamentos que não vão compensar as horas que você trabalha. Dê o “sim” apenas aos clientes que pagam aquilo que você merece. O resto, deixe de lado. Caso contrário, começará a trabalhar para passar o tempo.

FAÇA OS OUTROS PERCEBEREM O REGIME DE FREELANCING

Dizer para a sua esposa ou para o seu marido que vai passar menos tempo com eles, é uma boa forma de começar a ter problemas com o seu trabalho de freelancer.  Ninguém gosta de ser deixado de lado, especialmente se o motivo para isso for mais trabalho. Se você está com dificuldades financeiras, esta alteração até é aceite um pouco mais facilmente, mas mesmo tem tudo para gerar problemas. Mais tarde ou mais cedo a outra pessoa estará dizendo que você “passa mais tempo no computador” do que com ela ou então que o computador “deve ser a sua cara metade”. E prepare-se para quando tiver que ficar virando noite trabalhando para aquele cliente exigente…

O segredo para conseguir uma negociação mais saudável (não é uma tarefa fácil, aviso já) é explicar desde o início quais são os seus objetivos, o porquê de você estar querendo iniciar a carreira de freelancer e porque razão você vai ter menos tempo. Se possível, tome a decisão de ter o trabalho a tempo parcial com a pessoa vive com você. Depois de deixar os termos bem claros em cima da mesa, tudo fica mais fácil. Seja bem claro e direto em tudo! Se você disser para a sua esposa que vai investir duas horas por dia no trabalho de freela, é bom que tenha um motivo muito forte para ultrapassar as duas horas! Caso contrário, a outra pessoa começará a reclamar de atenção a menos. Seja disciplinado, não só com o seu horário mas também com o acordo que você fez com a outra pessoa.

Dica: Se possível, tome a decisão de começar a trabalhar como freelancer a tempo parcial em conjunto com a pessoa que vive com você. Ficará mais fácil de ela(e) compreender a mudança.

Explicar aos outros essa alteração na sua vida não envolve apenas tempo, mas também espaço físico, ou seja, de local de trabalho. Você ficará mais produtivo se aproveitar as suas horas de trabalho. E isso implica ter um local silencioso, bem organizado e que permita você manter o foco. Por isso, também cabe a si explicar às outras pessoas que nesse momento você está trabalhando e que para cumprir a sua parte do acordo, você precisa de concentração e silêncio.

como organizar o trabalho de freelancer a tempo parcial

PENSE ALÉM DO HOJE

Hoje, hoje e hoje. Esta parece ser a organização de todos aqueles que trabalham como freela a part-time. Pensam apenas no que têm para fazer no dia de hoje e de amanhã e esquecem o futuro da sua vida profissional. Apesar de aconselhar esta opção, o seu trabalho a tempo parcial deve ter um futuro diferente. Torna-se quase impossível a nível humano aguentar muitos anos com um trabalho a tempo inteiro e outro a tempo parcial. Por isso, o seu trabalho de freela deve servir para duas coisas: abandonar o trabalho a tempo inteiro ou conseguir mais algum dinheiro durante um determinado período de tempo. Agora resta a você responder à pergunta: “O que quero eu para o meu futuro?”. As opções são várias mas uma delas deve ser escolhida desde o início.

Todas estas dicas servem apenas para você organizar o seu dia, sendo que existem ainda outros passos que você deve dar quando o assunto é iniciar a carreira de freelancer a part-time. Se quiser saber o que fazer, aconselho que leia estes artigos:

E você, como fez a transição do seu trabalho a full-time para o trabalho de freelancer a part-time? Que dificuldades sentiu?

Abraço

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE AGORA
O Ebook que vai ensinar você a colocar um chat do Facebook no seu site em apenas 10 minutos

close-link