Produtividade 07/04/2015

Como aplicar a rotina do escritor Henry Miller ao seu dia-a-dia

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Um dos hábitos que eu tenho adquirido ao longo dos últimos anos é o de estudar as metodologias de trabalho de grandes profissionais. Foi assim com o Warren Buffet (saiba mais aqui), com o Richard Branson (leia aqui) ou até mesmo Guy Kawasaki (confira aqui). Neste artigo, trago para você outra rotina de trabalho extremamente interessante: a do escritor Henry Miller.

Henry Miller era um escritor norte-americano que misturava autobiografia com ficção. Muitas vezes lembrado como escritor pornográfico, escreveu também livros de viagem e ensaios sobre literatura e arte.

Apesar de pessoalmente não gostar muito deste gênero literário, a verdade é que a rotina de trabalho dele era realmente apaixonante. Miller divulgou a sua rotina em 1933, enquanto escrevia o livro Trópico de Câncer. Confira abaixo o documento (em inglês) que comprova como era o seu dia-a-dia:

rotina de Henry Miller

Vamos falar sobre alguns destes pontos e sobre como pode adaptá-los à sua rotina:

1. “Trabalhe em uma coisa de cada vez até terminar”

Segundo Henry Miller, um dos segredos para aumentar a produtividade é fazer uma tarefa de cada vez até terminar. Apesar de isso hoje em dia ser difícil de ser realizado devido às constantes interrupções a que somos sujeitos, a verdade é que quanto mais focados estivermos numa única tarefa, maior será a qualidade da mesma.

Para utilizar esta estratégia, uma das saídas é fazer listas de tarefas mais curtas, mas garantir que todas essas tarefas são efetivamente realizadas. Com menos objetivos, você vai sentir-se mais tranquilo para manter o foco e cumprir aquilo que foi planejado.

2. “Não comece novos livros”

Começar a escrita de um novo livro apenas quando terminasse o antigo, era uma das formas de Henry Miller garantir que conseguia escrever os seus livros até ao final. Eu aplico muito esta estratégia na leitura de livros: só compro um novo quando termino de ler o último que comprei.

Nos seus projetos – até mesmo naqueles mais pessoais – o meu conselho é que experimente só iniciar um projeto novo quando terminar o antigo. Quer criar o seu portfólio? Então faça isso após terminar de construir o seu blog. Quer começar a trabalhar o email marketing? Antes disso conclua a criação da sua Fan Page.

Entendeu a lógica? Só comece algo novo depois de terminar o antigo. Assim não ficará com objetivos pendentes.

3.  “Não fique nervoso. Trabalhe com calma”

O estresse é prejudicial para a sua produtividade. Por isso se você sente que está constantemente ansioso na sua rotina, talvez seja o momento de mudar algo. Aqui vão algumas dicas que podem ajudar:

  • O café da manhã influencia muito a sua pré-disposição para o trabalho. Experimente trocar pão e café por frutas, nozes e mel. Verá que o seu foco aumenta em poucos dias
  • Desligue as mídias sociais durante a maior parte do tempo que estiver a trabalhar. A expetativa pela “próxima notificação” cria uma ansiedade desnecessária
  • Coloque uma música mais tranquila enquanto trabalha. Eu acalmo um pouco a minha rotina com músicas de Jazz (uso o Spotify e recomendo)
  • Mantenha o seu ambiente de trabalho organizado. Desta forma você encontra facilmente tudo aquilo que precisa no seu computador

4. “Trabalhe de acordo com uma programação”

Henry Miller era fã de listas de tarefas e este hábito permitiu que escrevesse mais do que um livro por ano durante 20 anos. Ele criava a sua lista todas as manhãs e fazia questão de seguir ao longo do dia aquilo que tinha planejado.

Para começar a programar o seu dia-a-dia, o primeiro passo é escolher onde vai escrever a sua lista de tarefas. Eu utilizo o Todoist, mas você pode usar outro aplicativo ou até mesmo um bloco de notas ou uma simples folha de papel. O importante é ter um local onde anotar a sua lista de tarefas.

Henry Miller rotinas

5. “Quando você não pode criar você pode trabalhar”

Para Henry Miller, existem momentos no nosso dia-a-dia em que é possível trabalhar enquanto não estamos a criar. Um bom exemplo são aqueles momentos em que você está menos inspirado. Em situações como essa, você pode produzir fazendo tarefas rotineiras como responder a emails ou fazer reuniões pouco produtivas. Para Miller, era importante evitar que os bloqueios criativos prejudicassem a sua produtividade.

6. “Mantenha-se humano. Veja pessoas e lugares”

A rotina de Henry Miller era muito semelhante à de um freelancer. Ele começava o dia trabalhando em casa e só estava em contato com outras pessoas em alguns momentos do seu dia. Para resolver esse “problema”, Miller tinha como hábito sair de casa ao final da tarde e ir até ao café para falar com novas pessoas.

Se você passa o dia inteiro em casa e nunca sai para visitar novos locais, fique sabendo que isso afeta a sua produtividade. Pelo menos é o que este estudo indica.

Conclusão

Algumas das estratégias utilizadas por Henry Miller podem ser facilmente aplicadas na sua rotina de freela. Tudo vai depender dos seus hábitos e de como você quer trabalhar. Agora chegou a sua vez de participar:

  • O que achou destas estratégias do Henry Miller?
  • Já utiliza algumas destas dicas no seu negócio?

Abraço,

Luciano Larrossa

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.