Marketing Digital 24/11/2011

Como analisar as estatísticas da sua página de fãs no Facebook

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

As redes socias estão na moda e sem dúvida que elas são uma excelente forma de divulgar o seu trabalho de freelancer. Quem não o fizer, estará a perder centenas e centenas de clientes e visitas todos os dias. Mas ao fazer uma pequena análise pelas várias páginas de Facebook ou contas de Twitter eu reparo num problema bastante grave: as pessoas apenas se preocupam em criar as suas contas e pouco mais do que isso. O habitual é divulgarem os textos ou trabalhos e pensam ser suficiente. Para quem faz apenas isso, lamento informar-lhe mas isso irá levar a um crescimento bastante lento das suas contas.

Já falamos aqui no blog várias vezes da questão do EdgeRank e o quanto ele é importante para você conseguir melhorar a sua performance no Facebook. E esse mesmo Edgerank obriga a que você tenha uma interação constante com os seus fãs, de modo a que eles compartilhem o seu conteúdo ou cliquem na opção “curtir”. Sem isso, tudo o que você publicar deixará de aparecer no feed deles, diminuindo consideravelmente a possibilidade de eles realizarem algum ação. Quando se questionar porquê ninguém interage com o que você publica, a resposta está mesmo porque você tem um Edgerank baixo.

Se reparar, existem contas com um grande número de fãs que, mesmo assim, geram poucas interações. Isso pode acontecer por várias razões:

  • Tem muitos fãs devido à “força” da marca no exterior, mas esta não aproveita isso na sua página de fãs
  • Comprou algum software para “compra” de fãs, algo que desaconselho vivamente
  • Não interage com os seus fãs há muito tempo, perdendo o seu Edgerank consideravelmente
  • O que publica já não vai de encontro ao interesse dos seus fãs

Como sei se estou usando minha fanpage corretamente?

Existe, atualmente, uma excelente forma para conseguir medir a sua performance na sua página, que é a aba “informações”. Nela, poderá encontrar todo tipo de dados, para que consiga perceber melhor o que está fazendo de forma correta e o que pode mudar. Vamos analisar:

1. Opções “curtir”

Aqui, você vê a constante subida do seu número de fãs. Em regra geral, a não ser que você faça algo de muito errado, nunca irá perder fãs. As pessoas, por norma, não deixam de “gostar” de uma página, apenas deixam de lhe prestar atenção e consequentemente deixa de aparecer no feed delas. Por isso, o número de fãs terá sempre tendência para subir. Mas se prestar atenção à percentagem que está ao lado do número de fãs, irá verificar que essa pode subir ou descer consideravelmente. Isto porque esta métrica é semanal. Ou seja, se deixar de interagir com os seus fãs, o mais certo é que ela comece a descer consideravelmente. Tenha atenção a estes números e defina um objetivo semanal para angariação de fãs e fique alerta se este número começar a aparecer em vermelho.

2. Amigos de fãs

Antigamente, você apenas via o número de fãs. Agora, com a nova aba de informações, você consegue ver o potencial de toda a sua audiência. Estes dados permitem que veja o total de amigos dos seus fãs. Traduzindo isto de um modo bem simples: se todos os meus fãs compartilhassem um artigo meu, teríamos uma audiência potencial de 976 mil pessoas!

3. Pessoas falando sobre isto

Talvez o dado mais importante de todos, com o qual você deverá ter cuidado caso esteja constantemente no vermelho. Esta secção não faz mais do que calcular a interação dos usuários da sua página na última semana. Veja os pontos que são analisados:

  • Número de fãs que clicam na opção “curtir”. Não adianta serem sempre os mesmos a clicarem nas suas publicações, pois isso apenas será contabilizado como uma pessoa. É importante que vários fãs interajam para esta opção subir
  • Fãs que partilham os seus conteúdos. Esta é, a meu ver, o ponto mais importante, porque geralmente uma partilha acaba por gerar cliques dos amigos desse fã com grande facilidade
  • Publicar no seu mural
  • Responder a uma pergunta
  • Interação em fotos ou videos
  • Mencionar a página no comentário de um amigo
  • Fazer Check-in

4. Alcance total semanal

Pessoas únicas que viram o conteúdo da sua página naquela última semana. Este número normalmente desce quando a aba “pessoas falando sobre isto” desce também. Isto porque se as pessoas não compartilham no seu mural, dificilmente o que você publica será visto por pessoas diferentes.

Como posso melhorar esses valores?

Existem inúmeras maneiras de você conseguir melhorar estes valores. Mas tudo na internet, exige uma dedicação diária e uma persistência constante. Terá que o fazer todos os dias e mesmo ao final-de-semana, não se esqueça de colocar conteúdo na sua página, pois caso contrário estará a trabalhar nela apenas cinco dias por semana em vez de sete, precisando apenas que se dedicar quinze a vinte minutos diariamente.

1. Analise aquilo que seus fãs mais gostam

Publicar por publicar é algo que, sinceramente, não vela a pena. Mais vale cinco publicações por dia com um valor acrescentado do que dez sem qualquer interesse. Se eles não gostarem, a interação será nula e isso pouco nos interessa.

Se reparar, as publicações mais virais da nossa página são, de longe, as frases que publicamos e as questões que inserimos manualmente. Os artigos do nosso blog preenchem apenas uma pequena fatia desta estatísticas. Isso é bom? Era melhor que fossem os nossos próprios artigos que gerassem mais comentários e interações. Contudo, uma pequena análise ao Google Analytics, permite-nos verificar que o tráfego gerado pelo Facebook tem subido todos os dias. O motivo para as pessoas não interagirem na nossa própria página é porque ainda não leram o texto, então ainda não existe motivo para comentarem. Contudo, acabam por deixar um “curtir” no nosso artigo, o que também é positivo pois podem gerar novos fãs.

O que as frases fazem é apenas aumentar o nosso EdgeRank, de modo a que quando publiquemos um artigo, ele apareça no feed dessa pessoa. Por isso, as frases podem ser consideradas uma opção vantajosa, com um ganho duplo: aumentam o aparecimento dos nossos artigos no feed, que posteriormente geram mais visitas. Uma coisa ajuda à outra. Se eu tivesse constantemente inserindo apenas os meus artigos, dificilmente os valores nas estatísticas iriam subir.

2. Tenha metas definidas

Tal como tudo na vida, você deve saber onde quer chegar, de modo a descobrir o que deve fazer para que isso aconteça. Qual a percentagem de pessoas que deseja que todas as semanas estejam falando da sua página? Quantos fãs quer ganhar semanalmente? Com os valores bem escolhidos, conseguirá saber se está indo de encontro aquilo que você quer. Voltando mais uma vez à imagem acima, verificamos que os nossos valores na aba “pessoas falando sobre isto” desceu uma pequena percentagem. Ora, isso com certeza não vai de encontro ao que queremos. Por isso, talvez esteja na altura de tentarmos algo diferente, para que esse número suba. Sem estes dados, dificilmente teríamos noção de que isso está acontecendo.

Contudo, deixo aqui alguns cuidados que deve ter. Se a sua página for sobre negócios, é normal que o número de pessoas que estão falando sobre ela seja bastante inferior a uma página de humor por exemplo, pois esta é muito mais viral numa rede social como o Facebook. Se reparar que os seus valores são menores, comparativamente com outros ramos de negócio, não se preocupe. O Facebook ajuda mais umas áreas do que outras.

3. Responda a comentários

A sua página de fãs não deve ser um repositório para os seus artigos. Deve ser um local onde você interaja, onde os seus leitores sintam que estão aprendendo algo. Além disso, isso ajuda a que aumente o seu EdgeRank com eles. Ninguém gosta de “falar para o vazio” e se você faz isso com os seus fãs, rapidamente eles irão deixar de lhe fazer comentários.

4. Esqueça o TweetDeck

Há bem pouco, recomendei o TweetDeck como ferramenta para divulgar o seu Twitter. E ainda hoje, continue convicto que este aplicativo é uma excelente ajuda para quem quiser melhorar a sua performance nesta rede social. Mas outra das conclusões a que tenho chegado recentemente é que, para o Facebook, não serve. Isto porque fico à vista de todos que a sua publicação feita por esta ferramenta, perdendo um pouco a naturalidade do mesmo. Além disso, não permite que utilize imagens ou vídeo, o que é uma grande perda para quem quer perceber integralmente o que você publicou.

5. Utilize o Postcron

É certo que nem todos os dias temos tempo para fazer publicações no Facebook. Podemos ter que passar um dia viajando ou numa conferência, e por isso esta rede social fica completamente de parte. Mas não se esqueça que os seus fãs não têm culpa disso e que o seu EdgeRank é contabilizado todos os dias. Uma das dicas que aconselho é que utilize o Postcron, fazendo com que tenha publicações mesmo não estando lá. As suas publicações por este site fazem com que pareçam ter sido inseridos manualmente, pois ao contrário do TweetDeck, deixam as suas publicações completamente iguais às realizadas manualmente.

É claro que existem mais dicas além destas, mas optei por referir aquelas que utilizo mais e que me parecem menos comuns. Para quem quiser saber um pouco mais, aconselho vivamente que dê uma leitura nestes artigos:

Tem prestado atenção às estatísticas da sua página de fãs?

Para poder melhorar em qualquer coisa na sua vida, você precisa de números. Só eles lhe podem dizer se está a melhorar ou se por outro lado tem vindo a decair. No Facebook, é muito importante que tenha atenção a esta parte, pois ela irá lhe dar dicas muito importantes do que deve fazer e que caminho deve seguir.

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE GRÁTIS O EBOOK "PENSAMENTOS SOBRE MARKETING DIGITAL"
Este livro reúne 31 estratégias para você aplicar no seu negócio.

Pensamentos sobre marketing digital
close-link