Marketing Digital 04/02/2011

Até quando deve insistir no seu trabalho como Freelancer?

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Infelizmente nem todos os freelancers conseguem atingir o sucesso. Para ser sincero, acredito até que a grande maioria fique pelo caminho logo nos primeiros meses de vida. Os motivos para que isso possa estar a acontecer podem ser muitos. Se isso lhe está a ocorrer, aconselho que dê uma leitura no nosso artigo sobre os 10 maiores erros que os freelancers cometem. Neste artigo, poderá encontrar todos os motivos e mais alguns para que o seu trabalho não esteja a acontecer da forma correcta. Mas aí surge uma pergunta: até quando devo insistir no meu trabalho como freelancer?

Bem, se pensava que eu ia lhe dar uma resposta exacta para esta pergunta esqueça. Não lhe vou dizer o seu trabalho tem que resultados em “x” dias ou então você deve abandonar. A verdade é que não existe um momento certo para você abandonar o seu próprio negócio. Isso dependerá sempre do ramo em que você se encontra. Se arriscar trabalhar como blogger profissional o seu trabalho deve demorar uns determinados meses para dar certo mas por outro lado, se tentar a carreira de dentista esse período de tempo deve ser completamente diferente.

Então afinal, quando devo abandonar?

O que existem sim são sinais que você deve tentar deve estar atento, para saber quando deve abandonar esta sua aposta. Entre vários, destacam-se os seguintes:

  • Sente-se desmotivado porque ninguém presta atenção ao que você faz
  • O seu trabalho não lhe traz rentabilidade
  • Está demasiado ocupado e não tem tempo para si
  • Não está a acrescentar nada ao mercado
  • Nem você acredita no que você faz

Estes são apenas alguns sinais (os mais relevantes) aos quais você deve estar atento. Quando começar a ter estes sintomas, tem duas soluções: desistir ou continuar. Como sou bastante otimista e acredito que toda a gente pode conseguir aquilo que quer, vou lhe ajudar a ultrapassar estes sinais. Para mim a palavra desistir não entra no meu dicionário. O que pode estar a acontecer é que você não está a lidar da maneira correta com as coisas apenas isso.

É claro que existem alturas em que abandonar o negócio talvez seja a melhor opção. Por vezes não há mesmo volta a dar. Eu prefiro distinguir as palavras “desistir” de “abandonar”. A primeira é relativa a entregar completamente o seu sonho apenas porque surgiram algumas dificuldades no seu negócio. A segunda é porque algo de mesmo muito grave aconteceu e não há volta a dar. A segunda palavra aceito que aconteça, já a primeira nem pensar! Portanto caro leitor, se acha que os sinais acima são suficientes para abandonar o que faz, digo-lhe já: não o faça.

Conseguir triunfar no mundo do freelancing não é para os fracos mas sim para aqueles que vêm uma dificuldade como uma oportunidade. Para que isso não aconteça consigo, vou de seguida analisar os pontos acima e o que deve fazer para contraria-los:

Sente-se desmotivado porque ninguém presta atenção ao que faz

A primeira das lições que você deve aprender como freelancer é que deve trabalhar para si e não para os outros. Faça com que você mesmo se sinta contente com aquilo que produz. Sei que nenhum negócio pode viver só disto. Mas o problema é que muitas pessoas ao fim das primeiras semanas esperam já que o seu negócio seja visível a toda a gente. O que lhe digo é para ser paciente. Pegando no exemplo dos blogs, o Paulo Faustino publicou recentemente um artigo sobre quanto tempo deve o seu blog demorar para se tornar rentável. Neste ramo, muitas pessoas esperam começar a escrever num blog e que o trabalho deles se torne visível.

A verdade é que tudo demora o seu tempo. Mas o leitor poderá me dizer: “Mas eu já tenho o meu negócio há vários anos e ninguém presta atenção na mesma!”. Bem, talvez aí você não esteja a divulgar o seu trabalho da melhor forma. Para melhorar já essa falha, leia o nosso artigo sobre como promover o seu trabalho como freelancer. Lá encontrará excelentes dicas para dar a conhecer aquilo que faz. Se mesmo assim não se sentir satisfeito, dê uma olhada no nosso texto sobre estratégias de marketing para alavancar o seu negócio.

O seu trabalho não lhe traz rentabilidade

Este problema acontece principalmente na internet, por ser um meio mais difícil de rentabilizar. Quando faz a análise a este ponto, vou a avisá-lo para ter algum cuidado. As coisas demoram tempo. Por vezes um negócio só se torna rentável ao fim de anos! Sim isso mesmo que leu, anos! Até lá deve-se concentrar apenas em produzir. Aqueles esquemas de ganhar dinheiro fácil são normalmente pouco duradouros e a longo prazo não têm futuro, pois são isso mesmo, dinheiro fácil. Ou você acha que uma coisa tão fácil e toda a gente podendo fazer isso, alguém trabalharia? Se toda a gente o pudesse fazer, todos o fariam!

Além de necessitar de muita paciência, conseguir rentabilidade no seu negócio é uma coisa que obriga a muita estudo e dedicação. As empresas não conseguem milhões apenas porque têm um grande produto, mas também porque encontraram uma forma eficaz de o vender. O que o aconselho a fazer é analisar bem o modo como rentabiliza o seu negócio e tente encontrar uma forma melhor de o fazer. Experimente várias formas até encontrar a mais correta. Por vezes o problema não está na rentabilidade do seu negócio, mas sim a forma como a está a fazer.

Está demasiado ocupado e não tem tempo para si

Das duas uma: ou tem trabalho a mais ou é pouco organizado. Se o seu problema é o primeiro ponto, aconselho que mude rapidamente de estratégia. Ter trabalho a mais significa fazer as coisas com menos qualidade. Quando isso acontecer, experimente produzir menos coisas mas com mais qualidade. Por vezes quando fazemos isso, vemos que afinal o nosso negócio até poderia manter o mesmo sucesso com menos trabalho. Se não está disposto a fazer isso, delegue algumas tarefas e concentre-se naquilo que é mais essencial.

Se o seu caso é falta de organização, essa mudança depende apenas de si e da sua disciplina pessoal. Conseguir ser organizado nem sempre nasce connosco, mas é uma coisa que pode ser trabalhada com muito esforço da sua parte. Para que consiga aumentar a sua capacidade de organização, aconselho que dê uma olhada nestes artigos:

Não está a acrescentar nada ao mercado

Para conseguir triunfar como freelancer, é determinante que acrescenta valor ao mercado. Caso contrário, será sempre mais um e nunca terá sucesso. Vou lhe dar um exemplo muito simples. Imagine que sou um vendedor de maçãs. Um produto simples, que existe em todos os supermercados. Se eu for tentar vender maçãs do mesmo modo que os outros fazem, irei fracassar com certeza. Então tenho que optar por acrescentar algo a uma simples maçã. Coloco um recheio qualquer, consigo um formato diferente ou ponho um aditivo que mude o seu gosto. Assim, estarei a atuar numa vertente do mercado diferente, tentando agradar a um público que prefere comer maçãs com recheio por exemplo!

Se sente que o seu produto é mais do mesmo, dê-lhe algo mais. Conquista uma percentagem do mercado que prefere o produto habitual com algo mais. Nunca terá a mesma fatia do mercado da maçã normal é certo, mas o futuro é de nichos. As pessoas preferem ter algo mais pessoal do que mundial. Portanto, inove naquilo que faz e tende dar algo mais que os seus concorrentes.

Nem você acredita no que faz

Para se ter sucesso em qualquer coisa neste mundo, antes de mais precisa de acreditar naquilo que você faz! Se você não acreditar, quem acreditará? Se você tem este sentimento é porque algo aconteceu ou caso contrário não estaria a trabalhar como freelancer. Reveja o seu sonho e não se deixe abalar pelas dificuldades que encontra. Elas fazem parte do caminho, você tem apenas que contorná-las. Quando tem este sintoma, o primeiro passo será sempre voltar a acreditar no seu sonho e em si mesmo. Para isso, formule objetivos e imagine o seu futuro de um modo perfeito. Ninguém neste mundo fará algo por si. Acredite em si antes de tudo!

Desistir? Nunca!

Ser quer triunfar como freelancer, desistir não deve fazer parte do seu dicionário. As dificuldades aparecem é certo, mas é para serem contornadas. Quando deve desistir do seu negócio? Nunca! Se isso é mesmo a sua paixão, deverá sempre tentar contornar as dificuldades. Só um motivo muito forte deve fazê-lo abandonar. Você tem o mais importante que tudo: a paixão por aquilo que faz! Se tem o essencial, apenas precisa de aprimorar os pormenores.

E o leitor, já pensou em desistir do seu trabalho como freelancer? O que fez nesses momentos? Considera mesmo isso uma opção?

Abraço

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

BAIXE AGORA
O Ebook que vai ensinar você a colocar um chat do Facebook no seu site em apenas 10 minutos

close-link